Skip to content

Selecione o texto para escutar

Exposição comemorativa aos 30 anos do Arquivo Histórico vai até quinta-feira

O Arquivo Histórico de Balneário Camboriú completa 30 anos nesta quarta-feira (29 de novembro).
Para comemorar a data, a Fundação Cultural montou uma exposição no térreo do Paço Municipal, com amostras do acervo.

Quem quiser conhecer um pouco da história que o órgão guarda e preserva, tem até quinta (30) para visitar a exposição, das 14h às 17h. Além de ver alguns dos materiais do Arquivo Histórico, o público saberá quais são as técnicas de conservação de documentos, como fazer consultas e pesquisa e os demais serviços prestados pelo órgão. Na exposição, há fotos da cidade de diferentes épocas.

A estagiária Viviane Aline dos Santos foi ao Paço Municipal para uma reunião na tarde desta terça (28), primeiro dia da exposição, e teve a atenção atraída pelo acervo. “Vi as fotografias, achei bem interessante. Em 20 anos, Balneário Camboriú teve um boom no crescimento”, contou Viviane, sobre um conjunto de fotos sobre a evolução da urbanização no entorno da Praia Central.

Os servidores da Fundação Cultural que recepcionaram o público ouviram contribuição dos visitantes. Ao olharem as fotos, alguns trouxeram dados adicionais que ajudam a fechar lacunas da história da cidade.

Localizado na Terceira Avenida, esquina com a Rua 2500 (no mesmo prédio onde funciona a Biblioteca Municipal Machado de Assis), o Arquivo Histórico possui um repleto acervo da cidade, o qual incluiu plantas arquitetônicas, mapas, documentos, fotos, filmes e jornais que revelam o desenvolvimento de Balneário Camboriú. Há imagens aéreas da cidade de diferentes épocas e documentos originados na estrutura administrativa da Prefeitura. Grande parte do acervo é composto por doações de pessoas conscientes da importância do arquivo como um centro de informação e conhecimento.

Inaugurado em 20 de julho de 1992, o Arquivo Histórico teve sua criação aprovada pela Câmara de Vereadores em 29 de novembro de 1993. Quem deu o primeiro passo para a criação do acervo foi o engenheiro civil Jurandir Knabben, em 1992. Ao querer saber mais sobre a história da própria família, Jurandir passou a se interessar por história ao ponto de começar a cursar História. Nessa sua vontade de fazer pesquisas, deparou na época com documentos do Município guardados em um ambiente inadequado na Secretaria de Obras. Ele recebeu a colaboração de Ângelo Christoffoli e Isaque de Borba Correa para o resgate dos materiais. Posteriormente, como vereador, Jurandir foi o autor do projeto de lei que criou o Arquivo Histórico.

Agende-se

O que: Exposição interativa em comemoração aos 30 anos do Arquivo Histórico de Balneário Camboriú
Quando: De 28 a 30 de novembro, das 14h às 17h
Onde: Paço Municipal (Rua Dinamarca, 320, Bairro das Nações)

Leia também

EDITAL Nº 004/2024 – CHAMAMENTO DE BANDAS DE ROCK PARA 2º FESTIVAL ESTADO DE ROCK DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ

A Presidente da Fundação Cultural de Balneário Camboriú, no uso de suas atribuições legais e regulamentares, torna público aos interessados o Edital Nº 004/2024 – CHAMAMENTO DE BANDAS DE ROCK
Read More

AVISO DE INTENÇÃO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO – Itens elétricos para a Festa da Tainha 2024

Assunto: Comunicação de intenção de abertura de Processo de Dispensa de Licitação em conformidade com a Lei n° 14.133/2021. O departamento de compras da FUNDAÇÃO CULTURAL DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ (FCBC),
Read More

Festa Raízes de Taquaras começa dia 30

Evento, que tem duração de quatro dias, abre a temporada de festividades culturais da cidade A temporada 2024 de festividades culturais de Balneário Camboriú começa dia 30 de maio, com
Read More
Pular para o conteúdo