Balneário Camboriú Criativo participa de formação online em Fluxonomia4D

 Após o encontro com a fluxonomista Lala Deheinzelin no último fim de semana, quando empreendedores criativos e representantes do Conselho Gestor do BC Criativo participaram de palestra com Lala no espaço S7 Coworking, em Florianópolis, já está sendo preparado o engajamento em mais uma formação para o coletivo local que integra esta iniciativa. “Fiquei encantada com o projeto de vocês, parabéns.  Maravilha criar um Nodo para a Fluxonomia 4D aí”, diz Lala, que é uma das líderes do Movimento Crie Futuros.  O Nodo, nesse caso, é o grupo local, nomenclatura usada pelos especialistas da área.O evento programado para 29 e 30 de setembro será transmitido diretamente de São Paulo para Balneário Camboriú, via internet, num experimento telepresencial em rede, com a participação de dois convidados internacionais Soledad Gianetti e Fernando Jeger, de La Usina Cultura Chascomús, Argentina. Eles são os mais atuantes profissionais desta área, ligados a várias redes ibero-americanas e criadores de metodologias inovadoras. O objetivo é demonstrar a experiência de quem há anos já vive a Fluxonomia4D, combinando Economia Criativa + Economia Compartilhada + Economia Colaborativa + Economia Multivalores 4D.Os grupos de São Paulo, Balneário Camboriú e outras cidades vão interagir em tempo real.  A Fluxonomia 4D, de maneira geral, visa trabalhar o design e a gestão 4D das iniciativas criativas considerando os aspectos cultural, ambiental, social e financeiro.

Há 20 vagas para membros das entidades que compõem o Conselho Gestor do Balneário Camboriú Criativo e 20 vagas para os participantes já inscritos. As inscrições são online e a vagas serão garantidas por ordem de inscrição.

Acesse o link: http://goo.gl/forms/SWx83KrXen

Quando: 29 e 30 de setembro, das 19 às 23 horas.

Onde: Auditório do Grupo Conjel, Rua 990, nº 161, centro Balneário Camboriú

SAIBA MAIS

Lala Deheinzelin é uma  das pioneiras da economia criativa no Brasil, reconhecida e trabalhando internacionalmente graças à rara combinação de desenvolvimento sustentável através de economia criativa e processos colaborativos em rede. Proprietária da Enthusiasmo Cultural e criadora do movimento Crie Futuros. Uma das fundadoras do Núcleo de Estudos do Futuro da PUC, parte do Millenium Project das Nações Unidas. Assessora Sênior da Special Unit On South-South Cooperation, ONU, 2005/2011. Membro do Conselho do Instituto Nacional de Moda e Design/ Calendário Oficial da Moda Brasileira e Conselheira Consultiva da Virada Sustentável. Coordenadora da primeira pós-graduação (Brasil e América Latina) em Economia Criativa e Colaborativa, ESPM, 2014.

Lala é palestrante internacional, tendo trabalhado em quatro continentes. Talvez você se lembre de seu trabalho em televisão, mas ela hoje é futurista, pioneira em economia criativa no Brasil e uma das poucas no mundo a ligar isso com sustentabilidade e processos colaborativos em rede. Sua experiência é muito diversificada, o que permite visão e atuação 360° e por isso assessora empresas, governos, instituições multilaterais, ONGs e redes. Seu diferencial está na combinação da compreensão das oportunidades de futuro com ações no presente para concretizá-las. Lala se diz “sintetista”, pois seu trabalho se destaca pela adequação a diversos públicos e temas. E “comista” pelo foco nos “comos”, no fazer e em ferramentas que cada um pode aplicar a seu projeto ou empreendimento. Recentemente foi indicada pela P2P Foundation (principal organização global que trabalha com Economia e Sociedades Colaborativas), como uma das 100 Mulheres que estão Co-Criando a Sociedade Colaborativa, na muito especial categoria de “Pioneiras e Defensoras nos Negócios e Economia Ética”.

 Soledad Giannetti é bacharel em Jornalismo pela Universidade de Salvador (Argentina). Graduada em Comunicação Social e Mídias de Massa na Universidade de Wisconsin, La Crosse, USA. Pós-graduada em Gestão Social e Urbana, pela Faculdade Latinoamericana de Ciências Sociais (FLACSO) e no Curso de Formação em didáticas para o Desenvolvimento Local (UNSAM, Programa Conecta DEL). É sócia-fundadora do Cultura Senda, empreendimento que impulsiona projetos colaborativos na América Latina. No La Usina, coordena, junto com Luis Quintana e Julieta Spina, a área de Gestão e Sustentabilidade, e junto com Fernando Jeger, a área de Comunicação e Design.

Fernando Jeger é designer gráfico graduado na Universidade de Buenos Aires, com formação artística em Clown. Chefe de trabalhos práticos da cátedra de design gráfico de Daniel Wolkowicz (FADU, UBA). Sócio do Estúdio de Desenho Proyectar (http://www.projetar.net). Comprometido com uma visão de Design Social, desenvolve a estratégia de comunicação visual do La Usina e coordena os conteúdos das Residências de Design Social: Colaboratorio 4D, que fazem parte da oferta de formação livre da UNICULT (Universidade das Culturas).

Mais informações
Marília Urbanski – (47) 3366.5325
Anderson Beluzzo – (47) 9238.9407

Prefeitura de Balneário Camboriú
Fundação Cultural de Balneário Camboriú
Assessoria de Imprensa
Texto: Vânia de Campos (jornalista)
Fotos: Divulgação
atendimento@bccriativo.com.brwww.bccriativo.com.br
(47) 3366.5325, das 13h às 19h
culturabc.com.br  |  facebook.com/fundacaocultural
balneariocamboriu.sc.gov.br

Matérias similares

No related posts found.