Calendar

nov
30
ter
“Educar Através da Arte: CEI Quintal Mágico”
nov 30@19:21 – 20:21

“Educar Através da Arte: CEI Quintal Mágico” é um projeto de pesquisa que visa explorar os benefícios da arte no ensino, com o objeto de estudo sendo a escola Quintal Mágico. O projeto está voltado ao desvendar da arte realizado por um grupo de crianças, alunos desta escola de educação especial e construtivista. A abordagem e linguagem da pesquisa é explorar a relação interpessoal de alunos envolvidos em uma estratégia de ensino singular do Centro de Educação Infantil Quintal Mágico, situada na cidade de Balneário Camboriú, Santa Catarina.

O projeto visa produzir uma pesquisa por meio da convivência das crianças, observando seu contato com os diversos tipos de arte e como esse acrescenta ao processo cognitivo de inúmeras maneiras. E, por conseguinte, o descobrimento ao ver este ambiente de convívio e aprendizagem que acrescenta ao processo de alfabetização assim como o crescimento e desenvolvimento da psique.

As visitas na CEI Quintal Mágico iniciaram no dia 15 de Outubro de 2021 e terminam dia 10 de Dezembro de 2021, todas são relatadas no instagram do projeto, se você desejar, pode acompanhar a realização e as visitas da equipe na escola através do perfil oficial no instagram: https://www.instagram.com/quintalmagico_educacaoearte/?utm_medium=copy_link

Este projeto de pesquisa é realizado através da Lei de Incentivo e Fomento à Cultura de Balneário Camboriú LICBC 2021.

dez
1
qua
CURSO GESTÃO CULTURAL: DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PROJETOS CULTURAIS
dez 1@14:00

A Fundação Cultural de Balneário Camboriú vai promover um curso on-line de desenvolvimento e gestão de projetos culturais dias 1º e 2 de dezembro. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas por meio de um formulário, disponível no link https://bit.ly/3H7Rj0r .

dez
2
qui
CURSO GESTÃO CULTURAL: DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PROJETOS CULTURAIS
dez 2@14:00

A Fundação Cultural de Balneário Camboriú vai promover um curso on-line de desenvolvimento e gestão de projetos culturais dias 1º e 2 de dezembro. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas por meio de um formulário, disponível no link https://bit.ly/3H7Rj0r .

dez
8
qua
Oficina gratuita: Tecido acrobático para iniciantes – 08/12 e 11/12
dez 8 dia inteiro
Do chão para os ares com o tecido acrobático
“Cortinas”, “panos”, “lençol”, os praticantes de tecido acrobático já estão acostumados com os diversos apelidos divertidos dados pelos espectadores, mas uma coisa é certa, não importa o nome, essa arte encanta o público de todas as idades.
Apesar de ser centenário, o circo por muito tempo foi marginalizado no Brasil e no mundo, sendo conhecido como o espaço dos excluídos, do bizarro. Essa realidade vem se modificando nas últimas décadas, dado que grandes empresas de circo surgiram, como o Cirque du Soleil, auxiliando na mudança de paradigma e num maior prestígio de seus artistas. Esse processo também “tirou o circo da lona” e levou suas práticas para escolas e estúdios nas cidades. Assim, vimos nos últimos anos um crescente aumento de praticantes de artes de circo, principalmente artes aéreas, vide a popularização do pole dance,  o que levou ao aumento de profissionais da área, assim como espaços de estudo e treino das práticas.
Entre as artes aéreas, o tecido encanta pela fluidez, pois o aparelho maleável se conecta e se mistura com o corpo do artista, criando belas formas e possibilitando quedas incríveis. Em Balneário Camboriú, há o espaço Voa Lá de Artes Aéreas, que oferece atualmente aulas de tecido acrobático e bungee, no Centro da cidade. Segundo sua gestora e professora, Suziane Pereira, uma dúvida recorrente de quem procura as aulas é se precisa ter força e treinamento prévio para praticar o tecido acrobático. “As pessoas, ao verem aquelas apresentações fantásticas, têm a ideia de que é muito difícil praticar, de que não é para qualquer um, porém hoje o método de ensino torna possível que qualquer pessoa pratique, de crianças a idosos, com os ajustes necessários para cada grupo. Nosso método de ensino é progressivo, começando no chão, ou com pouca altura, com o tempo, à medida que ganha força e confiança, o aluno vai para o alto”.
Para mostrar as possibilidades desse trabalho progressivo e auxiliar os alunos de tecido no seu aprendizado, o espaço conta com projeto “Voa Lá – Tá On”: uma série de vídeos tutoriais, disponível nas redes sociais de forma gratuita, com dicas para realizar subidas,  chaves, figuras e quedas no tecido acrobático. O projeto foi contemplado pela LIC – Lei de Incentivo à Cultura – de 2021, recebendo patrocínio da Fundação Cultural de Balneário Camboriú. Já são cerca de treze tutoriais disponíveis e até o final de dezembro serão mais de vinte. Ao final, o projeto contará com cerca de uma hora de material totalmente gratuito. “Queremos dar visibilidade à prática na nossa cidade e mostrar o trabalho que estamos desenvolvendo nestes anos de ensino” complementa Suziane, que é apaixonada por essa arte há oito anos e há dois se dedica ao seu estudo e ensino.
Curiosos e adeptos terão a oportunidade de se inscrever gratuitamente em uma das oficinas, “Tecido Acrobático para Iniciantes”, que ocorre como contrapartida do apoio recebido pela LIC. Serão duas oficinas para sete participantes cada. Podem se inscrever moradores de Balneário Camboriú, a partir de 14 anos. Uma será dia 8 dezembro (quarta-feira), das 16h às 19h, e outra dia 11 de dezembro (sábado), das 9h às 12h, na Rua 2070, n 1046, Centro.
Para se inscrever, basta entrar em contato pelas redes sociais do Voa Lá – Artes Aéreas ou pelo telefone (47) 99915-6752. Suziane finaliza: “Esperamos popularizar o tecido acrobático na cidade, mostrando que é uma prática possível, basta ter dedicação e perseverança, para colher os resultados e ganhar os ares!”.
dez
11
sáb
Oficina gratuita: Tecido acrobático para iniciantes – 08/12 e 11/12
dez 11 dia inteiro
Do chão para os ares com o tecido acrobático
“Cortinas”, “panos”, “lençol”, os praticantes de tecido acrobático já estão acostumados com os diversos apelidos divertidos dados pelos espectadores, mas uma coisa é certa, não importa o nome, essa arte encanta o público de todas as idades.
Apesar de ser centenário, o circo por muito tempo foi marginalizado no Brasil e no mundo, sendo conhecido como o espaço dos excluídos, do bizarro. Essa realidade vem se modificando nas últimas décadas, dado que grandes empresas de circo surgiram, como o Cirque du Soleil, auxiliando na mudança de paradigma e num maior prestígio de seus artistas. Esse processo também “tirou o circo da lona” e levou suas práticas para escolas e estúdios nas cidades. Assim, vimos nos últimos anos um crescente aumento de praticantes de artes de circo, principalmente artes aéreas, vide a popularização do pole dance,  o que levou ao aumento de profissionais da área, assim como espaços de estudo e treino das práticas.
Entre as artes aéreas, o tecido encanta pela fluidez, pois o aparelho maleável se conecta e se mistura com o corpo do artista, criando belas formas e possibilitando quedas incríveis. Em Balneário Camboriú, há o espaço Voa Lá de Artes Aéreas, que oferece atualmente aulas de tecido acrobático e bungee, no Centro da cidade. Segundo sua gestora e professora, Suziane Pereira, uma dúvida recorrente de quem procura as aulas é se precisa ter força e treinamento prévio para praticar o tecido acrobático. “As pessoas, ao verem aquelas apresentações fantásticas, têm a ideia de que é muito difícil praticar, de que não é para qualquer um, porém hoje o método de ensino torna possível que qualquer pessoa pratique, de crianças a idosos, com os ajustes necessários para cada grupo. Nosso método de ensino é progressivo, começando no chão, ou com pouca altura, com o tempo, à medida que ganha força e confiança, o aluno vai para o alto”.
Para mostrar as possibilidades desse trabalho progressivo e auxiliar os alunos de tecido no seu aprendizado, o espaço conta com projeto “Voa Lá – Tá On”: uma série de vídeos tutoriais, disponível nas redes sociais de forma gratuita, com dicas para realizar subidas,  chaves, figuras e quedas no tecido acrobático. O projeto foi contemplado pela LIC – Lei de Incentivo à Cultura – de 2021, recebendo patrocínio da Fundação Cultural de Balneário Camboriú. Já são cerca de treze tutoriais disponíveis e até o final de dezembro serão mais de vinte. Ao final, o projeto contará com cerca de uma hora de material totalmente gratuito. “Queremos dar visibilidade à prática na nossa cidade e mostrar o trabalho que estamos desenvolvendo nestes anos de ensino” complementa Suziane, que é apaixonada por essa arte há oito anos e há dois se dedica ao seu estudo e ensino.
Curiosos e adeptos terão a oportunidade de se inscrever gratuitamente em uma das oficinas, “Tecido Acrobático para Iniciantes”, que ocorre como contrapartida do apoio recebido pela LIC. Serão duas oficinas para sete participantes cada. Podem se inscrever moradores de Balneário Camboriú, a partir de 14 anos. Uma será dia 8 dezembro (quarta-feira), das 16h às 19h, e outra dia 11 de dezembro (sábado), das 9h às 12h, na Rua 2070, n 1046, Centro.
Para se inscrever, basta entrar em contato pelas redes sociais do Voa Lá – Artes Aéreas ou pelo telefone (47) 99915-6752. Suziane finaliza: “Esperamos popularizar o tecido acrobático na cidade, mostrando que é uma prática possível, basta ter dedicação e perseverança, para colher os resultados e ganhar os ares!”.