“Caminhos da Roça” retrata vida rural de Balneário Camboriú

“Caminhos da Roça” retrata vida rural de Balneário Camboriú

 

exposicao-caminho-da-roca-04-12-16-foto-celso-peixoto-28-copy exposicao-caminho-da-roca-04-12-16-foto-celso-peixoto-17-copy

Instrumentos de trabalho, utensílios domésticos e indumentária usados pelos moradores das áreas rurais de Balneário Camboriú compõem a exposição “Caminhos da Roça”.

Aberta em 3 de dezembro, no Ponto de Memória da Casa Linhares, no bairro da Barra, a exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h. A entrada é gratuita.

Segundo a historiadora da Fundação Cultural de Balneário Camboriú, Mariana Schlickmann, a exposição tem o objetivo de retratar um outro Balneário Camboriú, o qual tem uma agricultura ativa e uma vida rural. Essa face do município é pouco conhecida diante da fama de cidade praiana, de vida agitada e dos arranha-céus.

“Por muito tempo, a agricultura foi uma das principais matrizes econômicas da região, com a pesca. Na fala dos moradores antigos, temos o registro das roças de feijão, café, mandioca, banana, além da criação de gado, galinhas, porcos, cabras, entre outros”, diz Mariana.

Visitas de grupos e de escolas devem ser agendadas pelo fone (47) 3363-8863.

 

Prefeitura de Balneário Camboriú
Fundação Cultural
Texto: Silvana de Castro (jornalista)
Foto: Celso Peixoto/ Divulgação FCBC
Assessoria de Comunicação: (47) 3366-5325

www.culturabc.com.br

facebook.com/fundacaocultural

www.balneariocamboriu.sc.gov.br

facebook.com/prefeituradebalneariocamboriu

instagram.com/prefbc

Matérias similares

No related posts found.