INGRESSOS ESGOTADOS || Quarta-feira é dia de Déte Pexera no palco do Bruno Nitz

INGRESSOS ESGOTADOS || Quarta-feira é dia de Déte Pexera no palco do Bruno Nitz

Espetáculo “Nem te Conto” é uma homenagem à mulher catarinense e será apresentado pela primeira vez no Teatro Municipal Bruno Nitz, em duas sessões, nesta quarta-feira (dia 16). INGRESSOS ESGOTADOS

 Cláudio Rizzih, 23 anos, morador de Itajaí, do bairro Bambuzal, é quem dá vida à personagem que se tornou a mais nova sensação da Internet: “Déte Pexera”. Com 60 mil curtidas na página do Facebook, os vídeos da Déte já ultrapassam mais de 2 milhões de visualizações.   O sucesso é tanto, que Rizzih transformou os vídeos no divertido show de stand up “Nem te conto”, com causos e histórias do cotidiano da personagem.

“É uma verdadeira homenagem bem-humorada à mulher itajaiense e de toda a região que será apresentada pela primeira vez no teatro de Balneário”, adianta o cantor e ator Cláudio Rizzih. “A ideia de criar a ‘Déte’ foi da saudade que senti quando fui morar em São Paulo, entre os meses de junho e julho deste ano. Um dia me senti triste e com saudade da minha terra e resolvi fazer um vídeo com sotaque pexero que acabou viralizando na internet”, conta Rizzih.

A produção do espetáculo “Nem te conto” é da empresa Subjétil Comunicação e Produção Cultural e acontecerá no dia 16 de dezembro (quarta-feira), no Teatro Municipal Bruno Nitz, de Balneário Camboriú, às 20 horas e às 21h30. O valor do ingresso é R$20,00 (meia) e R$40,00 (inteira). Além dos estudantes, idosos e demais grupos que têm direito à meia entrada, todos que levarem um litro de leite de caixinha também pagarão a metade do ingresso. As doações serão entregues ao “Grupo Amigo” que desenvolve trabalho social no Bairro da Barra

Sinopse

“Nem te Conto!” é uma comédia para toda a família com censura livre. Entre conflitos com suas filhas e fofocas com sua melhor amiga Sônia, Déte, a cômica peixeira de Itajaí, leva o público às gargalhadas com as histórias do seu cotidiano. A personagem criada pelo ator e cantor itajaiense Cláudio Rizzih e que já está perto de dois milhões de visualizações na internet domina a cena, é uma homenagem bem-humorada à mulher do litoral catarinense.

 

Entrevista com Cláudio Rizzih

Você imaginava tanto sucesso para a Déte Pexera?

Não. Eu até cheguei a cogitar muitas visualizações. Mas nunca 1 milhão e meio.

Quem ou o quê é tua inspiração para fazer a Déte?

Todas as mulheres do litoral catarinense que passaram pela minha vida, inclusive minha mãe, que viveu nos anos 80, então consigo perguntar muita coisa sobre as músicas da época, que tipo de danceteria ela freqüentava e isto tudo eu utilizo nos meus vídeos.

Qual a principal alegria de fazer a Déte?

Me aproximar do sotaque pexeiro, da cultura bairrista, do localismo. Tenho muito orgulho de ser catarinense então é muito grande a alegria de compartilhar a cultura local.

Tem alguma tristeza?

Sim, fazer a barba todos os dias.

Como é o planejamento da veiculação dos teus vídeos?

Semanalmente eu lanço um vídeo. Eu crio uma espécie de roteiro e gravo, baseado no improviso. Eu acabo acatando muitas ideias dos fãs, que me enviam gírias, expressões, temas…

Qual tua profissão? Você é artista?

Sim. Sou ator, cantor, compositor e bailarino. Nasci em uma família de músicos.  Meu pai é guitarrista, então desde pequeno tive interesse pelas artes. Fiz cursos de teatro, cinema, TV, já integrei uma companhia teatral de Florianópolis (SC), já fiquei 4 anos em cartaz no Beto Carrero, com o espetáculo “O Sonho do Cowboy” e acabei de lançar um disco com 13 composições próprias.

Texto e fotos
Divulgação: Subjétil Comunicação – (47) 9914.7396

 

Matérias similares

No related posts found.