Arena conta Zumbi

Novamente a Cia Tablado das Artes opta por dar um mergulho na dramaturgia brasileira e vai buscar no Teatro de Arena mais um texto de Gianfrancesco Guarnieri e Augusto Boal, com músicas de Edu Lobo, que teve sua estreia no dia 1º de maio de 1.965 e foi um marco na história e na dramaturgia do teatro brasileiro. Um dos caminhos para preservar a memória de nosso país é resgatarmos as obras que remontam nossa história. E entre elas está à obra “Arena Conta Zumbi”.

Arena Conta Zumbi inova o teatro em seus diversos aspectos. O roteiro não se desenvolve em torno de um protagonista, que nesse caso seria Zumbi, mas em torno de diversos protagonistas: o rei Zambi, Ganga Zumba e Ganga Zona. Acompanhamos, durante o enredo, a prisão de Zambi, a chegada ao Brasil, o desespero dos escravos dentro dos navios negreiros, a esperança de reencontrar Luanda, a compra e venda dos escravos, tratando-os ora como animais, ora como simples mercadorias, as torturas e a fuga. A partir daí, vemos a construção e o crescimento de Palmares e acompanhamos o cotidiano do quilombo: desenvolvem-se relações amorosas, vemos trabalhos militares e civis, batismos, até os enfrentamentos com os “brancos senhores da terra”, a resistência, a destruição do Quilombo e a morte de Zambi.

Na nossa montagem focamos essencialmente no canto a liberdade, ou seja, Zumbi é um espelho para que possamos homenagear todos os grandes homens que deram suas vidas em prol de uma liberdade individual e coletiva. Concluindo, transcreveremos uma citação do educador Paulo Freire que resume o sentido e a razão de nosso espetáculo:

“A liberdade, que é uma conquista, e não uma doação, exige permanente busca. Busca permanente que só existe no ato responsável de quem a faz. Ninguém tem liberdade para ser livre: pelo contrário, luta por ela precisamente porque não a tem. Ninguém liberta ninguém, ninguém se liberta sozinho, as pessoas se libertam em comunhão”.

Autores: Gianfrancesco Guarnieri e Augusto Boal
Músicas: Edu Lobo
Produção: Cia Tablado das Artes
Adaptação e Direção: João Mendes
Voz, Canto e direção musical: Bárbara Trelha
Preparação com Capoeira: Edu Souza
Coreografias: Suzana Pavan
Elenco: Angélica Fernandes – Bruno Daniel – Camili Cipriani – Day Willain – Kauana La Piettra – Lauren Dantas – Samara Antunes – Sofia Santos Mello – Suzana Pavan – Thalita De Paula – Vitória Martins.

Valor do Espetáculo: R$20,00 inteira / R$10,00 meia entrada / R$ 10,00 promocional + 1Kg de alimento não perecível

Mais informações: (47) 9 9938-6091 ou (47) 9 9182-1747

Classificação indicativa: 12 ANOS

Matérias similares

No related posts found.