Ave Canoa, mostra hibrida de arte decolonial – Lei Aldir Blanc

A mostra AVE CANOA busca refletir sobre diferentes cosmovisões sobre a espiritualidade latino-americana. 10 artistas serão selecionades para participarem de 3 aulas-palestras (que serão poderão ser acessadas mesmo que de modo assíncrono) abordando percepções indígenas e afro-brasileiras, além da psique no âmbito da psicologia profunda.
10/03 – Lançamento Virtual da Campanha
15/03 – Data Limite para inscrição
Processo com artistas inscritos:
25/03 – 19h – Casa das almas: cosmovisão, mitologia e religiosidade afro-brasileiras, com André Pinheiro
André Pinheiro é professor, jornalista, historiador e poeta. Mestre em História pela UFSC e jornalista graduado pela Univali. Professor nos ensinos superior, médio e fundamental. Pesquisador de religiosidade e cultura, com ênfase nas religiões de matriz africana.
26/03 – 15h – A literatura de autoria individual: os humanos e não humanos, com Julie Dorrico
Julie Dorrico é macuxi. Doutoranda em Teoria da Literatura na PUCRS. Pesquisa literatura indígena de autoria individual. Idealizadora do canal no YouTube “Literatura Indígena Contemporânea”.
26/03 – 20h – Alma brasileira e a função religiosa da psique, com Jayson Seibel
Jayson Seibel é graduado em psicologia pela Univali, pós-graduado em Psicologia Analítica pela PUC/PR e analista em formação pela International Association for Analytical Psychology (IAAP/AJB/IJPR). Psicólogo clínico, atua também em supervisão clínica e ministra cursos na linha junguiana.
05/04 – 11/04 – Exposição Virtual nas plataformas da Galeria Útero e Lote84
11/04 – Apresentação Virtual DUO EU E ELA plataforma virtual Lote84
11/04 – 17/04 – Prestação de Contas.
Jayson Seibel é graduado em psicologia pela Univali, pós-graduado em Psicologia Analítica pela PUC/PR e analista em formação pela International Association for Analytical Psychology (IAAP/AJB/IJPR). Psicólogo clínico, atua também em supervisão clínica e ministra cursos na linha junguiana.
A partir delas, receberão uma ajuda de custo de R$ 200 e deverão apresentar um trabalho autoral: vídeo, performance gravada, fotografia, pintura, texto e/ou desenho serão admitidos. A mostra será realizada virtualmente pelas redes sociais da Galeria Útero e da Lote84. A seleção se dará por ordem de chegada e considera distribuição por raça e gênero. A data final para realizar a inscrição é dia 15 de março.
Os trabalhos finalizados, após o processo criativo guiado pelas provocações feitas nas aulas-palestras, deverão ser entregues pelas(os) artistas selecionades até o dia 2 de abril. Então, a partir do dia 5 do mesmo mês é inaugurada a exposição virtual, que finaliza com uma apresentação com o Duo Eu e Ela pela página da Lote84.

Matérias similares

No related posts found.