OFICINA DE GAFIEIRA COM BEBÊ KRAMER – Lei Aldir Blanc

Quando:
22 de fevereiro de 2021@17:20
2021-02-22T17:20:00-03:00
2021-02-22T17:35:00-03:00

Inscrições gratuitas e aulas online nos dias 22 e 23/02

Bebê Kramer é o mestra da oficina prática-teórica que introduz ao interessado todo o universo da Gafieira, tendo foco na música, mas sem esquecer da dança, vestimentas, história e atualidades, que serão apresentados utilizando-se de textos, fotos, vídeos e áudios.
As aulas acontecem online, com objetivo de facilitar o acesso e atingir maior quantidade de interessados, que ao fim do curso receberão um certificado de conclusão.
Participarão da oficina os grandes músicos, estudiosos e conhecedores: Silvério Pontes é o único trompetista brasileiro que hoje se dedica exclusivamente ao choro. Tocou com vários artistas da música brasileira, tais como: Tim Maia, Luis Melodia, Cidade Negra e outros tantos.
Dani Spielmann é saxofonista, estudiosa da música brasileira, compositora e arranjista de um repertório com composições inspiradas em situações e afetos que vivenciou.
INSCRIÇÕES
Para efetuar sua inscrição basta preencher o formulário on-line no link https://forms.gle/st4vrXEzeHdnMPtcA e enviar um e-mail para oficinabcab@gmail.com com as seguintes informações: nome completo, data de nascimento, nº de identidade (RG ou CPF), telefone, e-mail, breve curriculum ou histórico, fotografia 3×4.
O projeto foi selecionado pelo PRÊMIO DE FOMENTO À CULTURA – LEI EMERGENCIAL ALDIR BLANC N° 006/2020, executado com recursos do Governo Federal.
SOBRE A OFICINA DE GAFIEIRA
Dias – 22 e 23/02 | Horário – das 18h às 22h | Duração – 8 horas | Formato – Online
A música, suas manifestações e aspectos gerais de funcionamento da Gafieira serão transmitidos pelo virtuoso Bebe Kramer, considerado um dos maiores acordeonistas do Brasil na atualidade e é um dos nomes mais significativos da nova geração de acordeonistas também no exterior. Como compositor, Bebê apresenta uma estética musical inovadora, na qual traz a expressão de sua fonte inicial, sempre tendo como característica principal sua forte energia ao tocar.
A oficina é ideal para quem quer conhecer ou aprofundar os conhecimentos sobre uma fase importante da música brasileira, marcada por grandes composições e artistas como Paulo Moura, Severino Araújo, Maestro Cipó, Zé Menezes, Silvério Pontes, Zé da Velha, Dani Spielman, entre outros, além de disseminar conhecimento musical relacionado às gafieiras. Os principais tópicos do curso serão: o estudo de repertórios, estudo de ritmos fundamentais mais utilizados, a demonstração com a formação típica e a valorização de sua importância social e artística.
Principais tópicos da oficina.
1. Estudo de repertórios.
2. Estudo de ritmos fundamentais mais utilizados.
3. Demonstração com a formação típica.
4. Valorização de sua importância social e artística.
Através da transmissão de conhecimento realizada na oficina, pretende-se estimular o conhecimento, pensamento e a formação de Bailes de Gafieiras em Balneário Camboriú e região.
O QUE É GAFIEIRA?
Gafieira é o termo usado no Brasil para designar bailes populares, assim como os espaços onde esses bailes se realizam. O termo foi rapidamente adotado a bailes populares que tem estilo musical associado ao Samba de Gafieira.
Movimento artístico musical que teve origem na cidade de Rio de Janeiro, no começo do século XX, as gafieiras representam, através de ritmos muito usuais da época, boa parcela de uma classe desfavorecida que buscava promover celebração e união.
Entre os ritmos mais consagrados da Gafieira, podemos citar o Choro, Samba, Samba de Gafieira e até o Foxtrot.
SOBRE BEBÊ KRAMER
Alessandro Kramer nasceu na cidade de Vacaria, no estado do Rio Grande do Sul, e começou a tocar acordeon ainda muito jovem, inspirado pelo seu pai, Alencar Rodrigues, um acordeonista bastante conhecido na região. Alessandro, hoje mais conhecido como Bebê Kramer, é considerado um dos maiores acordeonistas do Brasil na atualidade e é um dos nomes mais significativos da nova geração de acordeonistas também no exterior.
O começo da sua carreira como músico profissional, aconteceu ainda na adolescência, e ganhou força quando escolheu Santa Catarina, para ser o palco do seu crescimento musical, vindo a tocar com músicos altamente conceituados, como Guinha Ramires, Alegre Correa, Toninho Horta e Arismar do Espírito Santo. Ainda em Santa Catarina, com outros quatro grandes músicos; Endrigo Bettega, Ronaldo Saggiorato, Guinha Ramires e Mario Conde, Bebê formou a banda chamada Dr. Cipó, com a qual gravou três álbuns que são uma importante referência para músicos e admiradores da música de todo o mundo.
Ao longo da sua carreira, Bebê Kramer já gravou e tocou com grandes artistas da música Brasileira e mundial, tais como: Hermeto Paschoal, Guinga, Arismar do Espírito Santo, Toninho Horta, Moraes Moreira, Paulo Moura, Silvério Pontes, Zé da Velha, Hamilton de Holanda, Marco Pereira, Carlos Malta, Yamandú Costa, bem como os acordeonistas Dominguinhos, Osvaldinho do Acordeon e Renato Borghetti.
Com seu notável conhecimento de harmonia e improvisação, Bebê toca choro, samba, tango, jazz e todos os outros estilos musicais com grande desenvoltura.
Sua música já o levou em turnês por diversos países do mundo como: França, Espanha, Bélgica, Alemanha, Itália, Suíça, Holanda, Israel, China, Angola, Argentina, Liechtenstein e Áustria. Nesse último, participou por duas vezes do Festival de Acordeon de Viena, sendo considerado pelos críticos como um dos pontos altos do evento.
Do encontro fundamental com o maestro Paulo Moura, que o convidou para ser um de seus “batutas”, nome que o clarinetista emprestou de Pixinguinha, Bebê desenvolveu a ideia de explorar mais o acordeão no contexto da gafieira. Daí surgiu o projeto Gafieira do Bebê, em que o músico arregimenta um time de grandes músicos para executar um repertório de clássicos e de canções que ganham novos arranjos e levadas. O primeiro bailão aconteceu em fevereiro de 2014, no Cordão da Bola Preta, com participação da cantora Áurea Martins. “Eu, como gaúcho e acordeonista, tenho um histórico de bailes vida afora. Quando vim morar no Rio, absorvendo e sendo absorvido por esta cultura rica e diversificada não pude deixar de me influenciar pelo baile de gafieira” – explica Bebê, citando também
outras de suas referências, a “menor big band do Mundo”, o trombonista Zé da Velha, e o trompetista Silvério Pontes, com quem toca constantemente. Bebê é acompanhado por craques como o violonista Marco Pereira, pelo contrabaixista Guto Wirtti, pelo baterista Cassius Tepperson, pela percussão de Bebeto e pelos sopros de Zé Bigorna, Everson e Aquiles Moraes. Acompanhar Bebê Kramer e seu fole em sua viagem atemporal pelos salões de baile é garantia de leveza, alegria e boa música.
INFORMAÇÕES
• PÚBLICO
Vagas: 50
Público: Músicos, dançarinos, artistas populares e acadêmicos
Faixa Etária: a partir de 12 anos
• DATAS E HORÁRIOS
Dia 22/02/2021 e 23/02/2021
Das 18h00 as 22h00
Total de 8 horas
• INVESTIMENTO
Gratuito
• FORMA DE INSCRIÇÃO
Inscrições até o dia 21/02/2021, ou até as vagas esgotarem.
01) Efetuar inscrição através do link: https://forms.gle/st4vrXEzeHdnMPtcA
02) Enviar um e-mail para oficinabcab@gmail.com com as seguintes informações: nome completo, data de nascimento, nº de identidade (RG ou CPF), telefone, e-mail, breve curriculum ou histórico, fotografia 3×4.
• ENDEREÇO
Arthousebc / Rua São Paulo 581 – 1 / CEP 88339-025
Bairro dos Estados / Balneário Camboriú / Santa Catarina / Brasil

Matérias similares

No related posts found.