Eventos

Clique aqui para acessar o calendário de eventos da Secretaria de Turismo

Confira abaixo o calendário de eventos culturais de Balneário Camboriú

nov
19
ter
Projeto Oficinas – Teatro
nov 19@19:00

Teremos duas apresentações teatrais com as peças, “Luna” e “Conferência Planetárias” inspiradas no tema Mãe Terra.

 

1° Espetáculo – Luna 19h30min

 

É 2919, Luna fica sozinha quando seus pais saem para ir a um evento, ela pode aproveitar para estudar e dormir cedo, amanhã é dia de Prova. Mas, como todo clichê de jovens, ela aproveita para dar uma festa!

Esta história se passa em um futuro distópico, a tecnologia já ultrapassa os limites do que conhecemos e nos leva a mundos inimagináveis. As comidas, os empregos, a natureza… Tudo está diferente, muito do que temos hoje pode não existir mais em pouquíssimo tempo.

Como podemos naturalizar a falta de natureza?

 

2° Espetáculo – Conferência Planetária 20h30min

O planeta terra entrou em curso de uma extinção em massa

Se fez urgente reunir representantes da biodiversidade. Flora, Fauna, Humanidade e Mãe Terra se encontram para buscar uma solução, criar um futuro possível para todos.

Diante deste cenário, de tamanho desequilíbrio e destruição, o planeta pode se reorganizar e evoluir. E a humanidade, sobreviverá?

 

Evento gratuito. Os ingressos poderão ser retirados na bilheteria do teatro 1 hora antes do evento.

Classificação indicativa: LIVRE

nov
20
qua
Projeto Oficinas – Dança
nov 20@19:00

Mostra de Dança do CEAC – Projeto Oficinas traz ao público um espetáculo com muita música, dança e emoção, com apresentações de danças das oficinas de Ballet, Jazz e HipHop inspirado no tema Mãe Terra.

 

Evento gratuito. Os ingressos poderão ser retirados na bilheteria do teatro 1 hora antes do evento.

Classificação indicativa: LIVRE

nov
21
qui
Projeto Oficinas – Música
nov 21@19:00

Mostra de música do CEAC – Projeto Oficinas traz ao público uma noite musical contagiante com apresentações das oficinas de Violão, Violino, Teclado, Guitarra e Bateria Trazendo em seu repertório a seleção de MPB e do grupo catarinense Sarau Afro-Açoriano.

 

Evento gratuito. Os ingressos poderão ser retirados na bilheteria do teatro 1 hora antes do evento.

Classificação indicativa: LIVRE

nov
22
sex
As Passarinhas
nov 22@20:30

Evento confirmado. Mais informações em breve.

nov
26
ter
9º Festival da Canção de Balneário Camboriú
nov 26@20:00

Com entrada gratuita, o Festival ocorrerá de 27 a 30 de novembro, no Teatro Municipal Bruno Nitz. Na final, os três primeiros colocados receberão como premiação dinheiro e troféu. Já melhor intérprete, melhor instrumentista e melhor letra ganharão troféu.

Neste ano, uma das novidades é a Mostra Paralela, que será nos três dias de eliminatórias do evento (27 a 29). Na Mostra Paralela, sem caráter competitivo, haverá apresentações musicais enquanto os jurados definem as canções classificadas da noite. Para se apresentar nesse intervalo, é preciso, no momento de inscrição ao Festival, marcar a opção “Desejo participar da Mostra Paralela”.

Outra novidade é que as inscrições poderão ser feitas por, além de pessoa física, pessoa jurídica com ou sem fins lucrativos (inclusive MEI). Não há limite de inscrições de canções por CPF ou CNPJ. Caso haja mais de uma canção habilitada na triagem, por um mesmo proponente, será selecionada a classificada com maior nota.

O 9º Festival da Canção ocorrerá no Teatro Municipal Bruno Nitz. Serão três semifinais (27, 28 e 29 de novembro, a partir das 20h) e a final (30 de novembro, no mesmo horário).

O evento vai premiar os três primeiros colocados com dinheiro e troféu. Já melhor intérprete, melhor instrumentista e melhor letra ganharão troféu.

Evento gratuito. Os ingressos poderão ser retirados na bilheteria do teatro 1 hora antes do evento.

Classificação indicativa: LIVRE

Mais informações na Fundação Cultural de Balneário Camboriú
Rua 300, nº 50, Praça Bruno Nitz, anexo ao Teatro Municipal
Centro – ou pelo telefone (47) 3366-5325

nov
27
qua
9º Festival da Canção de Balneário Camboriú
nov 27@20:00

Com entrada gratuita, o Festival ocorrerá de 27 a 30 de novembro, no Teatro Municipal Bruno Nitz. Na final, os três primeiros colocados receberão como premiação dinheiro e troféu. Já melhor intérprete, melhor instrumentista e melhor letra ganharão troféu.

Neste ano, uma das novidades é a Mostra Paralela, que será nos três dias de eliminatórias do evento (27 a 29). Na Mostra Paralela, sem caráter competitivo, haverá apresentações musicais enquanto os jurados definem as canções classificadas da noite. Para se apresentar nesse intervalo, é preciso, no momento de inscrição ao Festival, marcar a opção “Desejo participar da Mostra Paralela”.

Outra novidade é que as inscrições poderão ser feitas por, além de pessoa física, pessoa jurídica com ou sem fins lucrativos (inclusive MEI). Não há limite de inscrições de canções por CPF ou CNPJ. Caso haja mais de uma canção habilitada na triagem, por um mesmo proponente, será selecionada a classificada com maior nota.

O 9º Festival da Canção ocorrerá no Teatro Municipal Bruno Nitz. Serão três semifinais (27, 28 e 29 de novembro, a partir das 20h) e a final (30 de novembro, no mesmo horário).

O evento vai premiar os três primeiros colocados com dinheiro e troféu. Já melhor intérprete, melhor instrumentista e melhor letra ganharão troféu.

Evento gratuito. Os ingressos poderão ser retirados na bilheteria do teatro 1 hora antes do evento.

Classificação indicativa: LIVRE

Mais informações na Fundação Cultural de Balneário Camboriú
Rua 300, nº 50, Praça Bruno Nitz, anexo ao Teatro Municipal
Centro – ou pelo telefone (47) 3366-5325

nov
28
qui
9º Festival da Canção de Balneário Camboriú
nov 28@20:00

Com entrada gratuita, o Festival ocorrerá de 27 a 30 de novembro, no Teatro Municipal Bruno Nitz. Na final, os três primeiros colocados receberão como premiação dinheiro e troféu. Já melhor intérprete, melhor instrumentista e melhor letra ganharão troféu.

Neste ano, uma das novidades é a Mostra Paralela, que será nos três dias de eliminatórias do evento (27 a 29). Na Mostra Paralela, sem caráter competitivo, haverá apresentações musicais enquanto os jurados definem as canções classificadas da noite. Para se apresentar nesse intervalo, é preciso, no momento de inscrição ao Festival, marcar a opção “Desejo participar da Mostra Paralela”.

Outra novidade é que as inscrições poderão ser feitas por, além de pessoa física, pessoa jurídica com ou sem fins lucrativos (inclusive MEI). Não há limite de inscrições de canções por CPF ou CNPJ. Caso haja mais de uma canção habilitada na triagem, por um mesmo proponente, será selecionada a classificada com maior nota.

O 9º Festival da Canção ocorrerá no Teatro Municipal Bruno Nitz. Serão três semifinais (27, 28 e 29 de novembro, a partir das 20h) e a final (30 de novembro, no mesmo horário).

O evento vai premiar os três primeiros colocados com dinheiro e troféu. Já melhor intérprete, melhor instrumentista e melhor letra ganharão troféu.

Evento gratuito. Os ingressos poderão ser retirados na bilheteria do teatro 1 hora antes do evento.

Classificação indicativa: LIVRE

Mais informações na Fundação Cultural de Balneário Camboriú
Rua 300, nº 50, Praça Bruno Nitz, anexo ao Teatro Municipal
Centro – ou pelo telefone (47) 3366-5325

nov
29
sex
9º Festival da Canção de Balneário Camboriú
nov 29@20:00

Com entrada gratuita, o Festival ocorrerá de 27 a 30 de novembro, no Teatro Municipal Bruno Nitz. Na final, os três primeiros colocados receberão como premiação dinheiro e troféu. Já melhor intérprete, melhor instrumentista e melhor letra ganharão troféu.

Neste ano, uma das novidades é a Mostra Paralela, que será nos três dias de eliminatórias do evento (27 a 29). Na Mostra Paralela, sem caráter competitivo, haverá apresentações musicais enquanto os jurados definem as canções classificadas da noite. Para se apresentar nesse intervalo, é preciso, no momento de inscrição ao Festival, marcar a opção “Desejo participar da Mostra Paralela”.

Outra novidade é que as inscrições poderão ser feitas por, além de pessoa física, pessoa jurídica com ou sem fins lucrativos (inclusive MEI). Não há limite de inscrições de canções por CPF ou CNPJ. Caso haja mais de uma canção habilitada na triagem, por um mesmo proponente, será selecionada a classificada com maior nota.

O 9º Festival da Canção ocorrerá no Teatro Municipal Bruno Nitz. Serão três semifinais (27, 28 e 29 de novembro, a partir das 20h) e a final (30 de novembro, no mesmo horário).

O evento vai premiar os três primeiros colocados com dinheiro e troféu. Já melhor intérprete, melhor instrumentista e melhor letra ganharão troféu.

Evento gratuito. Os ingressos poderão ser retirados na bilheteria do teatro 1 hora antes do evento.

Classificação indicativa: LIVRE

Mais informações na Fundação Cultural de Balneário Camboriú
Rua 300, nº 50, Praça Bruno Nitz, anexo ao Teatro Municipal
Centro – ou pelo telefone (47) 3366-5325

nov
30
sáb
9º Festival da Canção de Balneário Camboriú
nov 30@20:00

Com entrada gratuita, o Festival ocorrerá de 27 a 30 de novembro, no Teatro Municipal Bruno Nitz. Na final, os três primeiros colocados receberão como premiação dinheiro e troféu. Já melhor intérprete, melhor instrumentista e melhor letra ganharão troféu.

Neste ano, uma das novidades é a Mostra Paralela, que será nos três dias de eliminatórias do evento (27 a 29). Na Mostra Paralela, sem caráter competitivo, haverá apresentações musicais enquanto os jurados definem as canções classificadas da noite. Para se apresentar nesse intervalo, é preciso, no momento de inscrição ao Festival, marcar a opção “Desejo participar da Mostra Paralela”.

Outra novidade é que as inscrições poderão ser feitas por, além de pessoa física, pessoa jurídica com ou sem fins lucrativos (inclusive MEI). Não há limite de inscrições de canções por CPF ou CNPJ. Caso haja mais de uma canção habilitada na triagem, por um mesmo proponente, será selecionada a classificada com maior nota.

O 9º Festival da Canção ocorrerá no Teatro Municipal Bruno Nitz. Serão três semifinais (27, 28 e 29 de novembro, a partir das 20h) e a final (30 de novembro, no mesmo horário).

O evento vai premiar os três primeiros colocados com dinheiro e troféu. Já melhor intérprete, melhor instrumentista e melhor letra ganharão troféu.

Evento gratuito. Os ingressos poderão ser retirados na bilheteria do teatro 1 hora antes do evento.

Classificação indicativa: LIVRE

Mais informações na Fundação Cultural de Balneário Camboriú
Rua 300, nº 50, Praça Bruno Nitz, anexo ao Teatro Municipal
Centro – ou pelo telefone (47) 3366-5325

dez
1
dom
Mostra de Dança SESC
dez 1@19:30
dez
4
qua
A Terceira Margem do Rio
dez 4@19:00 – 20:00

1ª MOSTRA PARALELA DE TEATRO CIA TABLADO DAS ARTES

A Terceira Margem do Rio – 19h

A CIA TABLADO, se lança em mais um desafio. Um mergulho no regionalismo Mágico de Guimarães Rosa. Um sertão de Minas Gerais, que na verdade está relacionado ao ser humano, pois trata de temas universais e como o próprio Rosa diz:

“O sertão é o Mundo”. Nesta encenação, abordaremos o homem, suas relações cotidianas com o meio manifestado e seu papel como ser pensante na sociedade. Desafiador como processo de trabalho, buscamos através do regionalismo novas linguagens cênicas. A escolha de Rosa é oportuna para o momento que vivemos! Pela busca constante de respostas e signos que possam elucidar de maneira poética uma reflexão sobre a politico-cultural do momento atual e caminhar por Brasil ainda desconhecido.

Textos: Guimarães Rosa
Adaptação: Day Willain
Direção:
João Mendes
Assistente de Direção: Day Willain
Elenco:  Clau Beatriz – Eduardo Saulo  – Malu Ribeiro – Nilva Carnevale – Rita Belocchio – Rosane Dias – Wellington Smigel

 

Valor do Espetáculo: R$20,00 inteira / R$10,00 meia entrada / R$10,00 + 1kg de alimento não perecível promocional

Ingressos antecipados pelo Telefone: (47) 9 9938-6091 Cia Tablado das Artes e RD Enxovais

Ingressos a venda no Teatro 2 horas antes no dia do espetáculo.

Classificação indicativa: 12 anos

O Desassossego de Fernando Pessoa
dez 4@21:00 – 22:00

1ª MOSTRA PARALELA DE TEATRO CIA TABLADO DAS ARTES

O Desassossego de Fernando Pessoa – 21h

“O DESASSOSSEGO DE FERNANDO PESSSOA” – Montagem com poemas de Fernando Pessoa extraídos da obra “Livro do Desassossego”, assinado pelo seu heterônimo Bernardo Soares.

Esta obra é a mais importante e a mais profunda de Pessoa e a que mais reflete a complexidade da sua mente. É a obra do autor que mais se aproxima do gênero do romance, assemelhando-se a um diário íntimo, ficcionado, escrito por Bernardo Soares, um ajudante de guarda-livros, redigido a partir de um escritório da Baixa de Lisboa, num 4.º andar da Rua dos Douradores, no qual expõe as suas vivências, interrogações e reflexões. Esta característica torna o livro singular, já que não tem uma narrativa definida, com princípio, meio e fim.

A montagem deste espetáculo nasce da necessidade de ampliarmos nossa investigação das artes cênicas buscando dramaturgias que nos ofereçam condições de desenvolver exercícios cênicos. E assim mergulhamos na vida e obra do Poeta Fernando Pessoa e a partir de nossos estudos selecionamos o ”Livro do Desassossego”, Publicado em 1982, quarenta e sete anos após a morte de Fernando Pessoa, ele traz as inquietações e reflexões do poeta que são mostradas através de Bernardo Soares que representa a sua sombra, ou seja, que diz aquilo que ele não consegue dizer.

A obra começou a ser escrita aos vinte e cinco anos de Pessoa, acompanhando-o pelo resto da vida e é como um labirinto onde o autor procura responder a questões como “quem sou eu?” ou “como posso explicar a realidade?” Dúvidas fundamentais do modernismo, que teve em Fernando Pessoa um dos seus representantes máximos. A obra levou vinte anos a ser escrita e ficou incompleta. São mais de 500 textos sem princípio, meio nem fim, escritos por aquele que criou várias identidades distintas para o acompanharem na criação poética. Como testemunha de um Fernando Pessoa desconhecido, ficaram Bernardo Soares e “O Livro do Desassossego”.

O que propomos com este espetáculo é levar um exercício cênico no qual se pretende mostrar este Desassossego de Fernando Pessoa expressando o que ele mesmo diz: “São as minhas confissões e, se nelas nada digo, é que nada tenho para dizer.” É como Fernando Pessoa apresenta o livro que escreveu sob o heterônimo Bernardo Soares e onde revela a sua vida oculta.

Textos: Fernando Pessoa (Livro do Desassossego)
Adaptação e Direção: João Mendes
Iluminação: Allan Charleson e Bruno Daniel
Elenco:  Day Willain

 

Valor do Espetáculo: R$20,00 inteira / R$10,00 meia entrada / R$10,00 + 1kg de alimento não perecível promocional

Ingressos antecipados pelo Telefone: (47) 9 9938-6091 Cia Tablado das Artes e RD Enxovais

Ingressos a venda no Teatro 2 horas antes no dia do espetáculo.

Classificação indicativa: 12 anos

dez
5
qui
Arena Contra Zumbi
dez 5@19:00 – 20:00

1ª MOSTRA PARALELA DE TEATRO CIA TABLADO DAS ARTES

Arena contra Zumbi – 19h

Novamente a Cia Tablado das Artes opta por dar um mergulho na dramaturgia brasileira e vai buscar no Teatro de Arena mais um texto de Gianfrancesco Guarnieri e Augusto Boal, com músicas de Edu Lobo, que teve sua estreia no dia 1º de maio de 1.965 e foi um marco na história e na dramaturgia do teatro brasileiro. Um dos caminhos para preservar a memória de nosso país é resgatarmos as obras que remontam nossa história. E entre elas está à obra “Arena Conta Zumbi”.

Arena Conta Zumbi inova o teatro em seus diversos aspectos. O roteiro não se desenvolve em torno de um protagonista, que nesse caso seria Zumbi, mas em torno de diversos protagonistas: o rei Zambi, Ganga Zumba e Ganga Zona. Acompanhamos, durante o enredo, a prisão de Zambi, a chegada ao Brasil, o desespero dos escravos dentro dos navios negreiros, a esperança de reencontrar Luanda, a compra e venda dos escravos, tratando-os ora como animais, ora como simples mercadorias, as torturas e a fuga. A partir daí, vemos a construção e o crescimento de Palmares e acompanhamos o cotidiano do quilombo: desenvolvem-se relações amorosas, vemos trabalhos militares e civis, batismos, até os enfrentamentos com os “brancos senhores da terra”, a resistência, a destruição do Quilombo e a morte de Zambi.

Na nossa montagem focamos essencialmente no canto a liberdade, ou seja, Zumbi é um espelho para que possamos homenagear todos os grandes homens que deram suas vidas em prol de uma liberdade individual e coletiva. Concluindo, transcreveremos uma citação do educador Paulo Freire que resume o sentido e a razão de nosso espetáculo:
“A liberdade, que é uma conquista, e não uma doação, exige permanente busca. Busca permanente que só existe no ato responsável de quem a faz. Ninguém tem liberdade para ser livre: pelo contrário, luta por ela precisamente porque não a tem. Ninguém liberta ninguém, ninguém se liberta sozinho, as pessoas se libertam em comunhão”.

Autores: Gianfrancesco Guarnieri e Augusto Boal
Músicas: Edu Lobo
Produção: Cia Tablado das Artes
Adaptação e Direção: João Mendes
Direção musical: Barbara Trelha
Capoeira: Edu Souza (Bode)
Coreografias: Suzana Pavan
Elenco: Angélica Fernandes – Bruno Daniel – Camili Cipriani – Day Willain –  Kauana La Piettra – Janete Vargas  – Sofia Mello – Suzana Pavan – Tais Gabriele – Vitória Martins

 

Valor do Espetáculo: R$20,00 inteira / R$10,00 meia entrada / R$10,00 + 1kg de alimento não perecível promocional

Ingressos antecipados pelo Telefone: (47) 9 9938-6091 Cia Tablado das Artes e RD Enxovais

Ingressos a venda no Teatro 2 horas antes no dia do espetáculo.

Classificação indicativa: 12 anos

 

Cenas Utópicas
dez 5@21:00 – 22:00

1ª MOSTRA PARALELA DE TEATRO CIA TABLADO DAS ARTES

Cenas Utópicas – 21h

“CENAS UTÓPICAS”  Nasce de um desejo antigo de unir no palco vários dramaturgos e montar com as obras escolhidas um único universo para expressar nossos conflitos cotidianos e a nossa busca pela liberdade. Assim cada aluno escolheu um texto e um personagem para interpretar e cada qual mergulhou num estudo da obra para compor o personagem e projetar a cena inserindo os demais atores. Desta forma realizamos um exercício provocando a compreensão do aluno ator desde a escolha do texto até a luz bater em seu rosto no palco. Estamos no caminho da formação do artista de palco. O espetáculo também faz uma homenagem ao nosso grande diretor e pesquisador Antunes Filho que coordenou o CPT – Centro de Pesquisa Teatral do SESC em São Paulo por 37 anos e nos deixou um legado extremamente importante para as novas tendências teatrais. O Nome Cenas Utópicas vem do livro escrito por Sebastião Milaré sobre o processo de trabalho do mestre.

Produção: Cia Tablado das Artes
Concepção e Direção:
João Mendes
Elenco:  Allan Charleson – Angélica Fernandes – Bruno Daniel  – Camili Cipriani  – Day Willain – Janete Vargas  – Kauana La Piettra – Ninha Diehl  – Sofia Mello – Solange Ribeiro  – Suzana Pavan – Tais Gabriele  – Vitória Martins – Willian  Carvalho
Coreográfias: Suzana Pavan

 

Valor do Espetáculo: R$20,00 inteira / R$10,00 meia entrada / R$10,00 + 1kg de alimento não perecível promocional

Ingressos antecipados pelo Telefone: (47) 9 9938-6091 Cia Tablado das Artes e RD Enxovais

Ingressos a venda no Teatro 2 horas antes no dia do espetáculo.

Classificação indicativa: 12 anos

dez
6
sex
Mulheres Brilhantes
dez 6@19:00 – 20:00

1ª MOSTRA PARALELA DE TEATRO CIA TABLADO DAS ARTES

Mulheres Brilhantes – 19h

“MULHERES BRILHANTES”  é um espetáculo que visa homenagear algumas grandes mulheres que deixaram suas marcas na história pela coragem e ousadia de questionar o sistema, defender o universo da mulher, mostrar seus valores enquanto seres humanos e ser dignas de aplausos.

Para a montagem do espetáculo cada atriz escolheu uma dessas mulheres para vivenciar no palco. E os atores representam os poetas que com seus poemas e canções e se rendem ao mundo feminino, ou seja, se rende a mulher. Assim levamos ao palco Carmem Miranda, Malala Yousafzai, Frida Kahlo, Anne Frank, Simone de Beauvoir, Pagu, Tarsila do Amaral,  Clara Nunes e Camille Claudel.

Produção: Cia Tablado das Artes
Concepção e Direção:
João Mendes
Coreografias: Suzana Pavan
Elenco:  Allan Charleson – Ande Ferraz – Angélica Fernandes – Bruna Karoline –  Bruno Daniel   – Day Willain – Graciele Lunkes  – Ninha Diehl  – Suzana Pavan –  Tais Gabriele  – Vitória Tremea – Willian Carvalho

 

Valor do Espetáculo: R$20,00 inteira / R$10,00 meia entrada / R$10,00 + 1kg de alimento não perecível promocional

Ingressos antecipados pelo Telefone: (47) 9 9938-6091 Cia Tablado das Artes e RD Enxovais

Ingressos a venda no Teatro 2 horas antes no dia do espetáculo.

Classificação indicativa: 12 anos

Beco Sem Saída
dez 6@21:00 – 22:00

1ª MOSTRA PARALELA DE TEATRO CIA TABLADO DAS ARTES

Beco Sem Saída – 21h

“BECO SEM SAÍDA” é um exercício cênico que visa levar ao palco provocações e questionamentos sobre o nosso cotidiano e nossa vivência nos últimos tempos e nos momentos atuais. Precisamos apagar as luzes, zerar e recomeçar do nada. E para tal é necessário buscar inspirações que nos mostre um caminho, uma luz que nos leve a uma respiração suave e determinada, pois nossa respiração é nossa vida e nos move.

O diretor João Mendes vai buscar inspirações em alguns mestres, poetas, escritores e em suas próprias experiências para conceber um espetáculo que nos leve a outro lugar que não seja esse lugar habitual, ou seja, no momento do acontecimento teatral atores e espectadores devem embarcar numa atenção mínima, pois cada gesto, cada palavra, cada cena ou situação estarão imersas num questionar de quem sou eu, quem somos nós, qual a missão de cada um. Não viemos ao mundo só de passagem viemos por alguma razão. Mas precisamos passar por um choque investigativo para que possamos saber de fato quem somos, de onde viemos e para onde vamos.

“Evitar entrar em contato com o medo, a raiva, o ódio não passa de um mecanismo de auto sabotagem de todo o processo de crescimento. É “engessar” o crescimento e criar uma situação de aprisionamento na impotência. Nenhuma possibilidade de criar, de ser potente a partir desses eventos, pois só temos a chance de criar a partir deles, vivenciando-os na sua completa aceitação. Vivência, transcendência, transformação e crescimento é isso que o mergulhar nas emoções nos trás. Um coração que ama de verdade, percorreu esse caminho.

Mergulhou no medo, no ódio, na escuridão. Foi ao fundo do poço. Mergulhou nas sombras, nos seus abismos mais densos e profundos e o que surge desse mergulho, é a pura luz.
Luz do espaço aberto. Luz da alma apaziguada. Luz da aceitação consciente.
Luz da simplicidade. Luz da paz. Luz de quem se reconhece como igual aos demais, e ao mesmo tempo reconhece a sua grandeza autêntica, no caminho percorrido, nas experiências vividas, e na pura presença do Ser…”(Osho)

Produção: Cia Tablado das Artes
Textos de: Osho, João Mendes e Cristy Ailan
Concepção e Direção: João Mendes
Preparadora Corporal: Geísa Frohlich
Percussão: Edu Souza (Bode)
Elenco:  Allan Charleson – Angélica Fernandes – Bruno Daniel  – Camili Cipriani – Day Willain – Janete Vargas – Julia Oliveira – Jorge Almeida – Kauna La Piettra  – Luis Eduardo – Ninha Diehl  – Rosa Rodrigues – Sofia Mello – Tais Gabriele – Vitória Martins – Vitória Tremea –  Willian Carvalho

 

Valor do Espetáculo: R$20,00 inteira / R$10,00 meia entrada / R$10,00 + 1kg de alimento não perecível promocional

Ingressos antecipados pelo Telefone: (47) 9 9938-6091 Cia Tablado das Artes e RD Enxovais

Ingressos a venda no Teatro 2 horas antes no dia do espetáculo.

Classificação indicativa: 12 anos

dez
10
ter
“O MELHOR DE MILLÔR”
dez 10@19:00

RELEASE DO ESPETÁCULO “O MELHOR DE MILLÔR”

CONTRA PARTIDA DO PROJETO 4ª MOSTRA DE TEATRO CIA TABLADO DAS ARTES

 

Espetáculo  “O Melhor de Millôr” com textos de Millôr Fernandes.
Dia 10 DE DEZEMBRO ÀS 19 E ÀS 21 HORAS .
Entrada gratuita
Para mais informações entre em contato pelo Whatsapp (47) 99938-6091


Coletânea de Textos
de Millôr Fernandes
Produção:
Cia Tablado das Artes
Adaptação e Direção:
João Mendes
Elenco:  
Danielle Rocha – Duda Distef – Eduarda Ramos – Iara Thais – Isabelli Rosa  – Lu Lemos – Luiz Rodrigues – Maciej Swietlinski – Matheus Moreschi – Nathalia Spinola – Pamela Cristiny  – Talita Rodrigues – Valéria Moraes – Victória Santiago

 

RELEASE:

 

Poucas personalidades se expressaram de forma tão plural quanto Millôr Fernandes. Este homem usou seu talento multifacetado escrevendo textos, poesias, peças de teatro, usou a sua voz para contestar o que acreditava estar errado, defender opiniões que convergissem com suas bases ideológicas, e, indo mais longe, também lançou mão da arte como forma de expressão. Assim fomos buscar uma seleção de cenas extraídas de suas obras teatrais e poéticas para compor um espetáculo cujo objetivo principal é o exercício cênico dos participantes da Turma que compõe a contrapartida do Projeto 4ª Mostra de Teatro da Cia Tablado das Artes, pois cada momento cênico permite este exercício para que o futuro ator possa compreender o comportamento de palco e os caminhos para a interpretação.

 

“4ª Mostra de Teatro da Cia Tablado das Artes” é um projeto patrocinado pela Fundação Cultural de Balneário Camboriú, com recursos da Lei de Incentivo à Cultura do município. Realização: Cia Tablado das Artes.

“O MELHOR DE MILLÔR”
dez 10@21:00

RELEASE DO ESPETÁCULO “O MELHOR DE MILLÔR”

CONTRA PARTIDA DO PROJETO 4ª MOSTRA DE TEATRO CIA TABLADO DAS ARTES

 

Espetáculo  “O Melhor de Millôr” com textos de Millôr Fernandes.
Dia 10 DE DEZEMBRO ÀS 19 E ÀS 21 HORAS .
Entrada gratuita
Para mais informações entre em contato pelo Whatsapp (47) 99938-6091


Coletânea de Textos
de Millôr Fernandes
Produção:
Cia Tablado das Artes
Adaptação e Direção:
João Mendes
Elenco:  
Danielle Rocha – Duda Distef – Eduarda Ramos – Iara Thais – Isabelli Rosa  – Lu Lemos – Luiz Rodrigues – Maciej Swietlinski – Matheus Moreschi – Nathalia Spinola – Pamela Cristiny  – Talita Rodrigues – Valéria Moraes – Victória Santiago

 

RELEASE:

 

Poucas personalidades se expressaram de forma tão plural quanto Millôr Fernandes. Este homem usou seu talento multifacetado escrevendo textos, poesias, peças de teatro, usou a sua voz para contestar o que acreditava estar errado, defender opiniões que convergissem com suas bases ideológicas, e, indo mais longe, também lançou mão da arte como forma de expressão. Assim fomos buscar uma seleção de cenas extraídas de suas obras teatrais e poéticas para compor um espetáculo cujo objetivo principal é o exercício cênico dos participantes da Turma que compõe a contrapartida do Projeto 4ª Mostra de Teatro da Cia Tablado das Artes, pois cada momento cênico permite este exercício para que o futuro ator possa compreender o comportamento de palco e os caminhos para a interpretação.

 

“4ª Mostra de Teatro da Cia Tablado das Artes” é um projeto patrocinado pela Fundação Cultural de Balneário Camboriú, com recursos da Lei de Incentivo à Cultura do município. Realização: Cia Tablado das Artes.

dez
11
qua
Queen – O Show tem que continuar
dez 11@20:30
dez
12
qui
O Jardim dos Sonhos
dez 12@20:30
dez
14
sáb
Tributo – Queen
dez 14@16:00 – 17:00
Tributo – Queen
dez 14@20:00 – 21:00
dez
15
dom
Tributo – Queen
dez 15@20:00 – 21:00
jan
15
qua
A Menina e sua Sombra de Menino
jan 15@19:00

Você parece um menino! Você parece uma menina! Ela gosta de brincar de carrinho e de boneca. Ele gosta de brincar de bambolê e de futebol. Mas de tanto os outros criticarem o seu jeito autentico, um dia ela percebe que sua sombra é de um menino. E isso ela não quer!

Ela só quer o direito de ser ela mesma. Afinal, o que são “coisas de menino” e “coisas de menina”? Montagem teatral inspirado na obra “A história de Júlia e sua sombra de menino” de Christian Bruel, Anne Bozellec, Annie Galland.

Encenado pelos atores Leandro Magalhães e Paula Bittencourt, o espetáculo é baseado no texto “A história de Júlia e sua sombra de menino” de Christian Bruel e apresenta os conflitos de dois jovens que possuem gostos distintos e ao longo da sua infância e se deparam frequentemente com frases como “Você parece um menino!” ou “Isto é coisa de menina”, e acabam sofrendo de tanto os outros criticarem o seus jeitos de ser e se expressar. “A personagem principal só quer o direito de ser ela mesma. Afinal, o que são “coisas de menino” e “coisas de menina? É importante desmistificar estes rótulos e as atividades lúdicas são um excelente canal para isso”, explica a atriz Paula Bittencourt.

Valor do Espetáculo: R$30,00 inteira / R$15,00 meia entrada

Ingressos antecipados em: Primo Atto pelo fone 47 9 9930.3090

Classificação indicativa: LIVRE

Ingressos a venda no Teatro no dia do espetáculo.

A Menina e sua Sombra de Menino
jan 15@19:00

Você parece um menino! Você parece uma menina! Ela gosta de brincar de carrinho e de boneca. Ele gosta de brincar de bambolê e de futebol. Mas de tanto os outros criticarem o seu jeito autentico, um dia ela percebe que sua sombra é de um menino. E isso ela não quer!

Ela só quer o direito de ser ela mesma. Afinal, o que são “coisas de menino” e “coisas de menina”? Montagem teatral inspirado na obra “A história de Júlia e sua sombra de menino” de Christian Bruel, Anne Bozellec, Annie Galland.

Encenado pelos atores Leandro Magalhães e Paula Bittencourt, o espetáculo é baseado no texto “A história de Júlia e sua sombra de menino” de Christian Bruel e apresenta os conflitos de dois jovens que possuem gostos distintos e ao longo da sua infância e se deparam frequentemente com frases como “Você parece um menino!” ou “Isto é coisa de menina”, e acabam sofrendo de tanto os outros criticarem o seus jeitos de ser e se expressar. “A personagem principal só quer o direito de ser ela mesma. Afinal, o que são “coisas de menino” e “coisas de menina? É importante desmistificar estes rótulos e as atividades lúdicas são um excelente canal para isso”, explica a atriz Paula Bittencourt.

Valor do Espetáculo: R$30,00 inteira / R$15,00 meia entrada

Ingressos antecipados em: Primo Atto pelo fone 47 9 9930.3090

Classificação indicativa: LIVRE

Ingressos a venda no Teatro no dia do espetáculo.