Acampamento Farroupilha Balneário Camboriú

15 a 24 de setembro de 2023

A Festa

O Acampamento Farroupilha que vem para remeter a história gaúcha e relembrar a guerra dos farrapos é um dos maiores eventos do segmento em todo o Brasil. A celebração é marca registrada e proporciona a toda a população um pouco dessa rica cultura.

Serão 10 dias de muita música tradicional, declamação de poemas, comida típica e diversas atrações. 

Local

O evento está localizado no terreno em frente à Praça das Bandeiras, na Avenida do Estado – Centro.

Estacionamento

Haverá estacionamento (pago) no local do evento, ou você pode estacionar nas ruas laterais.

Programação

Serão 10 dias de muita música tradicional, declamação de poemas, comida típica e diversas atrações. 

Confira a programação:

15/09 - sexta-feira

18h: Abertura do Acampamento com o Prendado da Agetsc
19h: Apresentação Musical Luciano Guarize (Grupo Parceria Campeira)
19h40: Apresentação do Grupo de Artístico Laçando a Tradição
20h: Show do Grupo Campeiraço
22h: Show Fogo de Chão

16/09 - sábado

09h: Abertura do Acampamento
14h30: Desfile Farroupilha – Saída Cavalgada nas principais ruas da cidade. Participação Musical Caravana Farroupilha.
17h00: Retorno à praça das Bandeiras – Acendimento da Chama Crioula com a presença das autoridades.
17h30: Apresentação do Grupo Bagualles
18h00: Apresentação do Grupo Laços da Fronteira (20 minutos)
18h30: Apresentação do Projeto Social Arte Cultura Dança Catarina (Grupo Parceria Campeira)
18h45: Apresentação Artística Tropeiros do Litoral Invernada Mirim
19h: Show da Banda Legião Gaúcha
21h30: Abertura Oficial – Com a presença das autoridades.
22h00: Show do Grupo os Maragato

17/09 - domingo

09h: Menina Rancho de Taura (Osmar Fernandes)
08h30: Balne”Art – Solista Vocal e Declamação
12h25: Apresentação de Declamação da Prenda Carol Maia
12h30: Show dos Aporreados
15h30: Declamação da Prenda Adulta da Agetsc, Rayana Borges
15h45: Apresentação do Piquete Rancho Campos
17h00: Apresentação Musical do Grupo de Dança Estilo Serrano
17h30: Apresentação do Grupo Musical Agasc
18h30: Apresentação da Academia de Dança Rancho Cola Atada
19h00: Apresentação do Grupo de Dança Tertúlia do Litoral
19h15: Apresentação da Invernada Artística do Grupo Compasso Gaucho
19h30: Apresentação do Grupo de Danças Gaúchas Herança Farrapa
19h45: Show dos Chacreiro
22h00: Show – Grupo Quero-Quero

18/09 - segunda-feira

19h00: Apresentação Musical de Rafael Juan
20h00: Show Capitão Faustino
22h00: Show Grupo Querência – Com Jari Terres

19/09 - terça-feira

19h30: Apresentação Invernada Artística Gauchos de Fato
19h45: Apresentação de Peterson e Canhoto
20h: Abertura Terral-Local
22h: Show Grupo Campo Afora

20/09 - quarta-feira

05h00: Mateada Campeira com água requentada na Brasa e Carne no espeto
19h00: Apresentação Musical Giuseppe de Conto
19h30: Apresentação do Grupo Folclórico Tropeiros do Litoral Invernada Adulta
20h00: Show Leonel Gomes.
21h45: Solenidade Farroupilha
22h00: Show Volmir Dutra e Criados em Galpão

21/09 - quinta-feira

19h15: Apresentação Integração de Grupos da Agetsc
19h30: Apresentação do Grupo Artístico Charruas
19h45: Apresentação do Grupo Artístico Alma Missioneira
20h00: Show – Cristiano Quevedo
22h00: Show João Luis Correia

22/09 - sexta-feira

18h50: Declamação de Alex Zeferino Peão Adulto Agetsc
19h00: Musical Abertura Terral (Os Aporreados)
20h00: Terral Nacional
22h00: Show Cesar Oliveira e Rogério Mel
23h00: Show Os Aporreados

23/09 - sábado

12h00: Trancão de Baile
13h00: Piquete Tropicando nas Tampinhas promove 2° Torneio de Truco
13h30: Balne”Art – Festival Dança de Salão
15h30: Balne”Art – Festival Danças Tradicionais
18h: Show Mauro Moraes, Juliano Moreno e Anomar Danúbio
20h: Final Terral
22h: Show Tche Guri

24/09 - domingo

08h30: Balne’Art – Festival de Dança – Invernadas Artísticas
12h30: Show Jucelino Machado
13h00: Primeiro Duelo Farroupilha Vaca Parada Rancho Jaguarão
13h30: Balne”Art – Festival Invernadas Artísticas
19h30: Luiz Marenco
22h: Encerramento do 11º Acampamento Farroupilha com Baile Banda Garotos de Ouro

História

Em 20 de setembro de 1835, começava no Brasil um dos principais marcos da história sulista, a Revolução Farroupilha. O motivo, na época, era a insatisfação política e econômica das elites rio-grandenses com o atual governo do império, no Rio de Janeiro. Todo o conflito chegou a promover a ideia de separação do Rio Grande do Sul do resto do país, com a criação da República Rio Grandense, em setembro de 1836. O combate, também conhecido como Guerra dos Farrapos (por causa da vestimenta utilizada pelos revolucionários) durou 10 anos. Em toda a história brasileira, a Revolução Farroupilha foi a rebelião mais duradoura de todo o período imperial.

Os Farrapos eram liderados por figuras proeminentes como Bento Gonçalves, Giuseppe Garibaldi e David Canabarro, e eles lutaram pela autonomia regional, desejando maior autonomia política e econômica para o sul. Suas principais reclamações incluíam questões relacionadas a impostos sobre a produção de charque, uma carne salgada importante para a economia da região, bem como o desejo de uma representação política mais equitativa.

O desempenho catarinense teve um papel importante na Guerra dos Farrapos, devido à sua proximidade geográfica com o Rio Grande do Sul. A província de Santa Catarina, que também estava insatisfeita com o governo central, se juntou aos Farrapos em sua luta contra o Império. As batalhas ocorreram em várias partes de Santa Catarina, incluindo Laguna e Lages.

A Guerra dos Farrapos teve várias consequências, incluindo o agravamento das políticas tensionadas no Brasil, a abdicação de Dom Pedro I em 1831 e a promulgação da Constituição de 1824, que concedeu mais autonomia para as províncias. No entanto, a guerra também deixou cicatrizes profundas e desconfiança entre o sul e o governo central.
Em 9 de março de 1838 os farroupilhas invadiram Lages, anexando a vila à República Rio-Grandense, com o apoio de alguns fazendeiros locais, fato que havia causado grande júbilo entre os revolucionários: era a primeira conquista farrapa fora do Rio Grande do Sul. Laguna foi tomada, com ajuda do próprio povo lagunense, em 22 de julho de 1839. Em 29 deste mês proclamou-se a República Juliana, feito um país independente, ligada à República Rio-Grandense pelos laços do confederalismo. 

Com a tomada de Laguna, praticamente metade da província catarinense ficou em mãos republicanas. A incorporação da vila de Lages, também sob controle rebelde, ao novo estado, levou o território da República Juliana a se estender do extremo meridional até o planalto catarinense.
A Guerra dos Farrapos não alcançou seu objetivo de independência regional, mas teve um impacto significativo na política do Império Brasileiro. O conflito contribuiu para o fortalecimento do governo central e para a promulgação de leis que buscavam atender a algumas das demandas regionais do sul do Brasil. Santa Catarina desempenhou um papel relevante nesse período turbulento da história brasileira, influenciando eventos políticos e militares durante a Revolução Farroupilha.

Texto:

Juliana Camargo

Vagner Gabriel M. Peclat

Retrato de Anita Garibaldi, por Gaetano Gallino (1839).

Pular para o conteúdo