Hoje (17) é Dia Nacional da Música Popular Brasileira

Hoje (17) é Dia Nacional da Música Popular Brasileira

Criado por lei em 2012, o Dia Nacional da Música Popular Brasileira (MPB) é 17 de outubro. Gênero musical que pode ser caracterizado pela fusão de ritmos, letras poéticas e pelo uso de instrumentos como violão e percussão, a MPB conquista a adesão de músicos e o gosto do público em Balneário Camboriú. Prova disto, é a constância dela em festivais, em bares e eventos públicos. Nas últimas quatro edições do Festival da Canção do município, promovido pela Fundação Cultural, o gênero esteve presente entre as músicas premiadas. Em 2016, por exemplo, as três canções primeiras colocadas eram da categoria MPB. No ano anterior, as duas primeiras eram.

Servidor público da Fundação Cultural responsável pela parte da música, Rafael Salvador (foto), que também é músico, acredita que a diversidade do gênero é responsável por essa presença da MPB em festivais. “Atribuo isso à abrangência do gênero, que comporta outros ritmos. Caetano Veloso e Gilberto Gil, considerados representantes da MPB, já cantaram de tudo. Caetano já cantou Nirvana, Gil já cantou Bob Marley. Hoje em dia está tudo muito fundido: é reggae com samba, samba com sertanejo. A música brasileira é uma mistura de vários gêneros”, comenta.

A participação de músicos que tocam MPB em eventos públicos também é grande. No edital de credenciamento da Fundação Cultural de 2016, dos 70 inscritos, 27 enquadraram-se no gênero, ou seja, 38,5%. O edital de credenciamento possibilita a contratação de artistas para apresentação em programações do município.

Formado em música, Rafael também se dedica à MPB. Cantor e compositor, ele é profissional da música há 13 anos. “Me identifico com as possibilidades que a MPB oferece, com todas as fusões de gêneros brasileiros. Escolhi MPB pela liberdade que ela me dá”, diz Rafael, o qual presidiu a Câmara Setorial de Música do município de 2014 a 2016.

17 de outubro

A data foi escolhida por ser o dia do nascimento de Chiquinha Gonzaga (1847-1935). A pianista e regente é considerada a primeira compositora popular do Brasil.

Prefeitura de Balneário Camboriú
Fundação Cultural
Texto: Silvana de Castro (jornalista)
Foto: Divulgação
Assessoria de Comunicação: (47) 3366-5325

www.culturabc.com.br

facebook.com/fundacaocultural

www.balneariocamboriu.sc.gov.br

facebook.com/prefeituradebalneariocamboriu

instagram.com/prefbc

Matérias similares

No related posts found.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *