Jurados do 8º Festival da Canção de Balneário Camboriú

Jurados do 8º Festival da Canção de Balneário Camboriú

Conheça melhor quem foram os jurados do 8º Festival da Canção de Balneário Camboriú:

Luciano Candemil

É músico, percussionista, compositor, professor, pesquisador e produtor musical. Atualmente cursa doutorado em Música na Universidade Federal do Paraná, após conquistar seu Mestrado em música pela Universidade do Estado de Santa Catarina. Tem diversos artigos publicados em congressos nacionais e internacionais e é compositor premiado em festivais de música, incluindo o Festival da Canção de Balneário Camboriú, do qual foi membro da comissão julgadora nos anos de 2016 e 2017. Também fez parte da banca examinadora do vestibular de música da UDESC em 2015 e 2016. Fez parte do Grupo de Percussão de Itajaí e dirige o Projeto Percussão Catarina, sendo autor do livro Percussão Catarina publicado em 2016.
Foi instrutor de fanfarras em Balneário Camboriú, professor de percussão na UNIVALI e no Projeto Arte nos Bairros, ambos em Itajaí, e foi professor de percussão popular da Orquestra do CESCB em Brusque. Como pesquisador desde 2010 vem catalogando os instrumentos de percussão dos grupos folclóricos catarinenses. Essa pesquisa – Percussão Catarina – já rendeu diversos artigos publicados e apresentados nos principais congressos de música do Brasil, e recentemente foi apresentada em Portugal, onde também ministrou uma oficina de samba para alunos do curso de música da Universidade de Lisboa. Ainda em relação ao Projeto Percussão Catarina, coordenou a execução de três projetos aprovados pela Lei de Incentivo à Cultura de Balneário Camboriú, dos quais o último foi a publicação do livro didático Percussão Catarina.
Atua ainda no campo da Educação Especial e desde 2012 trabalha na Escola Tempo Feliz, que é mantida pela APAE de Balneário Camboriú. Nessa instituição escolar desenvolve diversas modalidades de projetos voltados para o desenvolvimento cognitivo e da autonomia para alunos adultos da área pedagógica, abrangendo variados tipos de deficiência. Dos projetos elaborados e desenvolvidos destaca-as: Fanfarra Tempo Feliz, Coral Tempo Feliz, Entrei de Corpo e Alma, e Banda Happy Time

 

Luigi Antonio Irlandini

É compositor e instrumentista (piano e shakuhachi). Desde 2010, é professor adjunto e pesquisador na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) nos programas de graduação e mestrado, onde ensina composição, harmonia, contraponto, análise, estética e música clássica indiana. Em sua atividade de pesquisa explora a dialética de conteúdos antigos e não-europeus nas poéticas musicais dos séculos XX e XXI, não só no que diz respeito à estrutura e linguagem musicais como aos aspectos filosóficos, estéticos e simbólicos.
Durante atividade de pós-doutorado em composição, entre 1999 e 2002, Irlandini foi pesquisador no Center for Research in Electronic Art and Technology (CREATE) e no Departamento de Música da University of California, Santa Barbara (UCSB), além de ter lecionado as disciplinas de composição e música do século XX para alunos de graduação e pós-graduação. Em fevereiro de 2007, foi compositor visitante na Jacobs School of Music da Indiana University, Bloomington, onde lecionou composição em nível de mestrado, realizou recital/palestra, e teve diversas obras apresentadas num recital monográfico e outros concertos na mesma ocasião.
Além de já ter recebido diversos prêmios por sua obra, Irlandini gravou dois álbuns de improvisação livre ao piano: o primeiro, de 1985, é o LP Azul e Areia, produzido por Egberto Gismonti em seu selo CARMO; o segundo, de 2001, é o álbum Surf Music. O duo Fogo Sonoro, formado por Irlandini e pela atriz/vocalista Isabella Irlandini, desenvolve um trabalho experimental baseado na improvisação livre. Irlandini colaborou com grupos de teatro experimental, dentre eles o grupo Qá Bal O Quá, dirigido por Isabella Irlandini, em Roma, 1991-1993.

 

Marcelo Cássio

Marcelo Cássio é Produtor Musical e Diretor Audiovisual. Especialista em Studio Production pela Berklee College of Music (Boston, EUA) e certificado AVID em Pro Tools. É Licenciado em Música pela Univali), além de Tecnólogo em Processamento de Dados, Analista de Sistemas e Jornalista. É membro votante da “The Recording Academy”, organismo responsável pelo Grammy Latino, e membro da AES (Audio Engineering Society). É músico desde 1987, produtor musical e especialista em tecnologia aplicada à música desde 1994 e atua como engenheiro de áudio em estúdios e ao vivo. Em 2017, seu estúdio Café Maestro recebeu o Prêmio Profissionais da Música na Categoria Melhor Estúdio de Gravação e Mixagem.
Além de ser um dos produtores votantes do Grammy Latino, foi jurado convidado de concursos e premiações nacionais, entre eles, o Prêmio da Música Catarinense e Concurso de Marchinhas de Balneário Piçarras.
Nos últimos anos, dirigiu, produziu e lançou mais de 30 títulos entre CDs, DVDs, audiovisuais e álbuns digitais de artistas regionais, inclusive com a participação de artistas consagrados da música brasileira, como Yamandu Costa, Alessandro Penezzi, Nailor Proveta e Itamar Assunção, entre outros, tendo 2 álbuns premiados no Prêmio da Música Catarinense e 4 nos 100 Melhores da Música Brasileira. Produziu a trilha sonora de filmes, séries para a TV e obras publicitárias, além de produzir e dirigir programas de TV.
É proprietário do estúdio e produtora Café Maestro, em Itajaí, onde grava, produz e acompanha músicos de Santa Catarina. Em 2015, idealizou e produziu a série Palco SC, que teve sua segunda temporada produzida em 2018. É o idealizador do Projeto Na Vera, que viabiliza produções audiovisuais de qualidade a custos acessíveis para músicos de diferentes vertentes e do projeto artístico-social Via Música.

 

Matérias similares

No related posts found.