TEATRO & GALERIA | Últimos dias da programação de março

TEATRO & GALERIA | Últimos dias da programação de março

 

PROGRAMAÇÃOTEATRO BRUNO NITZ E GALERIA MUNICIPAL DE ARTE

MARÇO/2015
Data: 20 – Sexta Hora: 20h30 Espetáculo: Avessa
Duração: 55 min
Classificação: 16 anos
Gênero: Drama
Produção: Ana Paula Beling
Ingressos: Entrada gratuitaData: 21 – Sábado Hora: 20h30 
Espetáculo: Avessa
Duração: 55 min
Classificação: 16 anos
Gênero: Drama
Produção: Ana Paula Beling
Ingressos: Entrada gratuita

Data: 22 – Domingo Hora: 20h30 
Espetáculo: Avessa
Duração: 55 min
Classificação: 16 anos
Gênero: Drama
Produção: Ana Paula Beling
Ingressos: Entrada gratuita

Data: 23 – Segunda  Hora: 20h 
Espetáculo: Proibido Elefantes
Duração: 55min
Classificação: 14 anos
Gênero: Dança
Produção: Cia Gira Dança (RN) – SESC
Ingressos: Entrada Gratuita

Data: 24 – Terça Hora: 19h
Exposição – Esculturas (projeto LIC)
Artistas: Jorge Schöreder
Local: Galeria Municipal de Arte

Data: 27 – Sexta Hora: 20h30 

Espetáculo: Avessa
Duração: 55 min
Classificação: 16 anos
Gênero: Drama
Produção: Ana Paula Beling
Ingressos: Entrada gratuita

Data: 28 – Sábado Hora: 20h30 
Espetáculo: Avessa
Duração: 55 min
Classificação: 16 anos
Gênero: Drama
Produção: Ana Paula Beling
Ingressos: Entrada gratuita

Data: 29 – Domingo Hora: 20h30 
Espetáculo: Avessa
Duração: 55 min
Classificação: 16 anos
Gênero: Drama
Produção: Ana Paula Beling
Ingressos: Entrada gratuita

SINOPSES

Avessa

Como é que se faz para contar a própria história? Como é que se faz para reescrever esta mesma história? A mulher chorava. Abre a porta! Ela já havia sido rasgada demais para ser rasgada de novo. Cuida de mim! Ele a cortou. A coisa que a seguia a cortou. Por favor, abre! A coisa que a seguia ainda escorre da mulher. Tu achas que eu estou suja? Do avesso, ela se olha à procura de algo, à procura do outro, à procura de si. Espetáculo/monólogo/musical que problematiza a violência contra a mulher. Uma abordagem forte e carregada de significados e emoção. A interpretação é da atriz e cantora Ana Paula Beling.

 Proibido Elefantes

Espetáculo que fala do olhar como via de acesso, porta de entrada e saída de significados. O modo como percebemos a “realidade” é resultante do diálogo que estabelecemos com esta: nosso olhar é constituído pela realidade assim como a realidade é constituída pelo nosso olhar – a construção do sentido transita em via de mão-dupla. O olhar enquanto apreensão subjetiva do mundo é, neste trabalho, apontado como elemento potencializador do sujeito diante do mesmo. Proibir elefantes é restringir o acesso, impedir o livre trânsito do animal que serve como meio de transporte na Índia, mas que causaria enormes transtornos em outras localidades. Proibir elefantes, neste espetáculo, é proibir o olhar que ressalta as limitações, os impedimentos; que duvida da capacidade do sujeito frente à adversidade. Proibir elefantes, aqui, é apostar no olhar do sujeito sobre si e sobre o mundo em que vive como elemento ressignificador e instaurador de realidade.

Mais informações

Departamento de Artes – Guilhermina Stuker – 3366.5325, das 13h às 19h

Prefeitura de Balneário Camboriú
Fundação Cultural de Balneário Camboriú
Assessoria de Imprensa
Texto: Vânia de Campos (Jornalista) – (47) 3366.5325
Foto: Divulgação/Proibido Elefantes/Brunno Martins
vania.campos@balneariocamboriu.sc.gov.br
culturabc.com.br  |  facebook.com/fundacaocultural
facebook.com/galeriamunicipaldearte  |  facebook.com/teatrobrunonitz
balneariocamboriu.sc.gov.br  |  facebook.com/prefeituradebalneariocamboriu

Matérias similares

No related posts found.