Teatro Municipal Bruno Nitz – Programação de Setembro

Teatro Municipal Bruno Nitz – Programação de Setembro

A Fundação Cultural de Balneário Camboriú divulga a programação de setembro do Teatro Municipal Bruno Nitz.
Confira os espetáculos e garanta seus ingressos. Teatro, cinema e música para todos os gostos.

DATA

HORA

ESPETÁCULO

CLASSIF.

INGRESSOS

SINOPSE

5, sexta-feira 20h30  “Fedra, Mulher”
Gênero: TragédiaFicha técnica:
Atuação: Potyra Najara
Direção: Cidval Batista Jr.
Técnica: Monique Neves
Texto: Potyra Najara /Cidval Batista Jr.
Figurino: Denise da Luz
Ambientação Sonora: Max Reinert
Preparação Vocal: Bárbara Damásio
Divulgação: Miriam Ramoniga
Designer Gráfico: Cidval Batista Jr.
Produção: Potyra Najara
Realização: Nova Cia. de Teatro
 18 anos Ingressos: R$ 40,00 (inteira)  R$ 20,00 (meia)À venda na bilheteria no teatro, uma hora antes do espetáculo.  Fedra é uma mulher, com suas obrigações, direitos e desejos, como qualquer outra. Como rainha, mãe, esposa e madrasta, tem neste último título a perdição de sua vida. O amor e o ódio em seu coração culminam no mesmo nome: Hipólito. Filho de seu  esposo, rei Teseu. Proibido, secreto, irrealizável e fatal é o amor de Fedra por Hipólito.Da Montagem:“Fedra, Mulher” é baseado no mito grego da heroína trágica Fedra e livremente inspirado no texto “Fedra” de Jean Racine.  Esta montagem traz para a cena uma mulher, como outra qualquer, da Grécia ou do século XXI, com suas paixões e responsabilidades. A força, a fragilidade, o amor e o ódio inerentes a alma humana são o fundamento para que esta tragédia aconteça. Utilizando as linguagens do teatro e do circo presentes na formação da atriz, “Fedra, Mulher” traz para o palco uma tragédia contemporânea  inspirada no trágico grego, no amor francês e na paixão que atravessa os séculos e é atemporal.
6, sábado 20h “Megera quem dera! Preguiça já era!”Gênero: Comédia musicalFicha técnica:
Grito Cia de TheatroPatrocínio:
Funarte/Ministério da Cultura

 

 

 12 anos Entrada gratuitaIngressos distribuídos na bilheteria, uma hora antes do evento, por ordem de chegada O espetáculo é uma junção de duas histórias “A farsa do Mancebo que casou com a Mulher Geniosa” e “A História da Moça Preguiçosa”. Nesta versão, dois jovens irmãos pobres: Moço Mancebo e Mancebo Moço enamoram-se de duas moças ricas, que também são irmãs. Porém, uma tem um mau gênio, Maria Moça e a outra muita preguiça, Moça Maria. O casamento acontece e os dois adotam estratégias parecidas, porém diferentes, para corrigir o defeito de suas esposas.
Toda a história é mostrada por um “Narrador” que participa e interage com as personagens durante o espetáculo, fazendo o jogo entre o real e o irreal, entre o mundo real da companhia de atores e o mundo onírico do teatro.
8, segunda-feira 20h “Uma viagem para se EnCantar
Ficha técnica:Grupo As Maricota
 Livre Entrada gratuitaIngressos distribuídos na bilheteria, uma hora antes do evento, por ordem de chegada Três lavadeiras se encontram na beira do rio para trabalhar e cantam a história do menino Severino, que vai em busca de seu sonho; conhecer o mar. As músicas relatam a coragem, a dor, a morte e a vida em ritmos típicos da cultura popular brasileira como ijexá, samba, cacuriá e ciranda.
“Uma viagem para se EnCantar” une as artes teatrais, a música e o teatro de formas animadas em uma “cantação de história” sem diálogos. Um convite para viajar na cantoria das lavadeiras e aventuras desse menino.
10, quarta-feira 19h45 Show de lançamento do livro e CD – Bagualles, um canto de amor à  terra.
Em seguida, coquetel com noite de autógrafos com Juan Daniel Isernhagen e intervenções musicais de Marcelo Oliveira, Raineri Spohr e Arthur Mattos
 Livre Antecipados R$20,002º Lote R$25,00No dia, R$28,00Pontos de vendas: Lojas Havaianas Balneário Camboriú e ItajaíInformações:

(47) 8495.9996

Livro (Romance regional, nativista e campeiro) com um CD em anexo com 17 composições do autor na voz de grandes intérpretes do nativismo.O show no teatro apresentará 12 canções do CD, por três dos artistas participantes da obra: Marcelo Oliveira, Raineri Spohr e Arthur Mattos e alguns convidados locais, como Osmar Fernandes e Kévin Eger. Ainda teremos acompanhamento musical de Cristian Camargo, Luciano Fagundes, Ricardo Comasseto e Maicon Oliveira.
13, sábado 20h Concertos do Sesc, parte do projeto Sesc PartiturasNoturno – para violino e piano, de José Guerra VicenteLenda Sertaneja Nº 2 – para violino e piano, de Francisco Mignone

Romanza – para violino e piano, de Francisco Mignone

Mazurka – para violoncelo e piano, de Alberto Nepomuceno

Pequeno – duo para violino e violoncelo, de César Guerra

Peixe Trio nº4 – para violino, violoncelo e piano, de Glauco Velasquez

 

Livre Entrada gratuita SC Piano Trio

Durante uma breve visita ao Brasil, nas férias de verão de 2009, os músicos Mario Marçal, Raphael Buratto e Guilherme Amaral, se reuniram com o objetivo de realizar um trabalho de música de câmara em cidades de Santa Catarina. Durante três meses de trabalho foram realizados concertos em diferentes cidades do sul, além de master classes gratuitos para estudantes – formaram então o SC Piano Trio.

Os resultados desse trabalho foram tão positivos que, ao final de 2010, os músicos decidiram voltar ao Brasill dando continuidade ao trabalho e, ao mesmo tempo, expandindo a ideia por um maior número de municípios da região.

Residente em Florianópolis, o SC Piano Trio atua com diversos projetos e realiza concertos na capital do Estado, além de visitas nas cidades da região Sul. O repertório dos concertos são sempre cuidadosamente selecionado de modo que se torne atraente, variado e instrutivo. O trio ainda interpreta obras de diferentes períodos, estilos e nacionalidades, nas possíveis variações de formação que o grupo possa ter, como peças para instrumento solo e duos.

Mario Marçal é mestre em Música (performance) pela University of New Mexico (EUA), Raphael Buratto é mestre em Música (performance) pela Université de Montréal (Canadá) e Guilherme Amaral é mestre em Música (práticas interpretativas) pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc).

Além dos concertos, o SC Piano Trio ministra, gratuitamente, Master Classes e Workshops voltados a estudantes de música e para a população das cidades visitadas. O objetivo principal é proporcionar uma viagem ao mundo da música. Master Classes é o nome dado às aulas ministradas de forma individual a estudantes de musica que tenham um conhecimento prévio de seu instrumento (piano, violino, viola ou violoncelo). Apesar de ser individual, a aula é direcionada a todos os ouvintes presentes e abrange assuntos comuns e gerais de música e do instrumento relacionado.

O Sesc Partituras é um projeto sem fins lucrativos que tem como objetivos preservar e difundir o patrimônio musical brasileiro. É uma biblioteca composta por partituras de compositores brasileiros, digitalizadas por meio de programas de editoração. Lançado em abril de 2012, o projeto já é reconhecido como referência no meio musical, sendo acessado nos cinco continentes.

 

17, quarta-feira 20h Filmes/curtas:LE RÊVE (O SONHO)É PRÁ COPIAR?

ELOS

O QUE VOCÊ FARIA?

Direção geral: Jeam Pierre Kuhl
Direção de Fotografia: Rani Souza

Filmado nas cidades de Balneário Camboriú, Florianópolis, Blumenau e Joinville.

Festival de Cinema ATUANTE – JP Talentos

Realização JP Talentos e Rani Produções.

 

LE RÊVE (O SONHO)“Em alguns momentos falamos e parece que ninguém nos ouve. Outras vezes parece que ninguém escuta o que falamos. Mais do que palavras “soltas no ar”, o que você diz pode fazer a diferença para alguém. Essa é a realidade vivida por Roberta e seus amigos. As palavras se transformam em um elo entre a vida é a morte e se transforma em força para seguir uma jornada”.Roteiro: Andrey FensterFilmado com atores de Balneário Camboriú.Direção geral: Jeam Pierre Kuhl
Direção de Fotografia: Rani Souza

É PRÁ COPIAR?

Em uma reunião de pais, avaliam o desempenho dos seus filhos no colégio. Sem nenhum critério, as condutas do professor são colocadas em pauta de forma totalmente distorcida, enquanto os pais insistem em “transformar” seus filhos em pessoas perfeitas e acima de qualquer erro. O que é verdade? O que é falso? O resultado disso tudo é a identificação das semelhanças entre os alunos e seus pais.

Roteiro: Leandro Oliveira. Luciana Lima Costa. Lucas Cunha.

Filmado com atores de Joinville.

Direção geral: Jeam Pierre Kuhl
Direção de Fotografia: Rani Souza

ELOS

Anos se passaram e muitas coisas não foram ditas, mas foram escritas. Agora chegou a hora. Hipocrisia, verdades ou mentiras são postas em jogo. Olhares e palavras jogas ao vendo. O tempo apaga tudo…. ou quase tudo!  O que realmente importa?

Roteiro: amigos da quarta.

Filmado com atores de Blumenau.
Direção geral: Jeam Pierre Kuhl
Direção de Fotografia: Rani Souza

O QUE VOCÊ FARIA?

Sinopse:

Em meio a um lugar paradisíaco, jovens se divertem enquanto grandes negociações estão prestes a serem fechadas. Mas tudo pode mudar, afinal, “A maior riqueza do homem é a sua incompletude”. O que realmente enriquece nossas vidas? E se ela (a vida) te desse uma segunda chance para ser feliz… O que você faria?

Roteiro: Ideias conjuntas.

Filmado com atores de Florianópolis.
Direção geral: Jeam Pierre Kuhl
Direção de Fotografia: Rani Souza

18, 19, 20 e 21, quinta a domingo 20h30 A Noite de CharlesCia Teatral Três em Athos  10 anos R$ 40,00 (inteira)R$ 20,00 (meia – estudantes, idosos e para quem doar um livro de literatura em bom estado) A Noite de Charles é um espetáculo da Cia Teatral 3 em Athos baseado no famoso conto “A Christmas Carol”, de Charles Dickens, com Ricardo Bhonfá, Gustavo Valente, Fábio Castilho, Marina Dias, Priscila Reis e Luisa Uribe. A história passa-se em Londres em 1843, retratando o universo de um velho homem rico, avarento, solitário e amargurado por suas escolhas do passado. Numa noite de inverno, ele recebe uma inesperada visita que lhe oferecerá uma oportunidade de modificar o fim de sua história.
22, segunda23, terça 19h Recordar é Viver  Livre Apresentação fechada para os grupos de idosos cadastrados junto à Secretaria de Inclusão Social. Os grupos vão distribuir os ingressos. Recordar é viver expressa as lembranças dos anos 60 e 70: a ditadura, o golpe militar, a jovem guarda, os festivais, os ídolos do cinema, as roupas e o amor. As lembranças partem de duas senhoras: Rosa e Heloisa que se encontram e começam a recordar suas histórias. O espetáculo é mais uma montagem do Grupo de Teatro Sentir. A apresentação faz parte do projeto de circulação do espetáculo contemplado na lei de incentivo a Cultura de Balneário Camboriú para os grupos de idosos da cidade.
24, quarta 20h Viagem MusicalCom Eulina Silveira e os seresteiros de Balneário Camboriú  Livre R$ 15,00
À venda pelos cantores e na bilheteria do Teatro Municipal nos dias 22 e 23 , das 14h às 16h e em 24 de setembro, uma hora antes do show.Informações: 3361.4411 e 3367.4101
O espetáculo apresenta repertório de músicas brasileiras e de outros países como França, Itália, Argentina, Rússia, Espanha, México e Estados Unidos. Vem dessa variedade o título do show, com momentos de ternura e vibração. Os cantores seresteiros de Balneário Camboriú são amadores. Cantam por amor à arte de cantar. Os músicos são profissionais. O show comemora os 15 anos de seresta na cidade do grupo que se reúne todas as quintas-feiras apresentando sua arte a turistas e pessoas que reverenciam os compositores brasileiros, cantando canções de todos os tempos, preferencialmente as do século passado.
27, sábado 

 

 

 

 

 

 

 

28, domingo

19h30

 

 

 

 

16h  e  19h30

A Bela e a FeraEnsamble Produções Artísticas e Acesarte  Livre Plateia
R$ 80,00
R$ 40,00 (meia)Balcão
R$ 70,00
R$ 35,00 (meia)Bilheteria do teatroAtlântico Shopping

O espetáculo relata a história de uma  garota chamada Bela, moça humilde, gentil e generosa que gosta de leitura e trata bem as pessoas. Ela mora em uma vila com seu pai, um velho inventor, em uma casa simples. Quando um invento dele fica pronto ele vai até a cidade para vendê-lo, porém no caminho é surpreendido por uma tempestade e se abriga em um castelo que avista no caminho. O castelo havia sido enfeitiçado e seu proprietário foi transformado em uma fera monstruosa. A Fera, ao encontrar o homem, o transforma em seu prisioneiro. Bela sai à procura do pai, encontra o castelo e ao chegar fica prisioneira no lugar dele. O que ela não sabe é que o monstro é um príncipe enfeitiçado e o feitiço só se quebrará se uma moça se apaixonar pela Fera. Enquanto convivem no castelo o tempo de quebrar o feitiço se esgota e a Fera precisa lutar contra o tempo para se ver livre do feitiço por meio do amor.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais informações:

(47) 3366.5325, das 13h às 19h
Departamento de Artes
Fundação Cultural de Balneário Camboriú
Foto: Trio, quem dera/Divulgação
Assessoria de Imprensa FCBC/Vânia de Campos
www.culturabc.com.br

Matérias similares

No related posts found.