Começam as gravações de Valentina

Começam as gravações de Valentina

A partir desta sexta-feira, 24/10, Balneário Camboriú e região se tornará set de filmagem para produção do projeto “Valentina”. O curta-metragem dirigido por André Gevaerd narra a história de amizade entre Valentina, uma menina de 6 anos que, após perder sua mãe, cria um planeta fictício no jardim da casa de sua vizinha, Cecília. Seu mundo é abalado com a chegada de Francisco, um garoto argentino de 15 anos, neto de Cecília, que acaba de perder seu irmão menor. O encontro entre os dois acaba despertando ciúmes do pai de Valentina, Antônio, e trazendo à tona discussões sobre temas importantes como a vida e a morte.

“Quero colocar em discussão a maneira como se lida com a perda. Estive durante os últimos 3 meses em imersão no processo de desenvolvimento e preparação para chegarmos ao set de filmagem nesta semana. Para dirigir o “Valentina” procurei referências no cinema europeu, soviético e clássico americano. Claro que é só um ponto de partida para criarmos um cinema novo e que tenha a nossa cara.”, diz o diretor.

O projeto se ambienta no Balneário Camboriú da década 90 e conta com o patrocínio da Lei Municipal de Incentivo e Fomento à Cultura (LIC-BC/FCBC) e do Prêmio Catarinense de Cinema (FCC). Liderado pela produtora local Cineramabc Filmes, a produção mescla talentos locais e profissionais consolidados do mercado cinematográfico, introduzindo e capacitando novos cineastas da região ao setor.

Desde sua idealização, a Cineramabc produziu cinco vídeos, três curtas e um longa-metragem. “A ambientação de um Balneário Camboriú da década de 90, me levou a colocar no roteiro muitas referências da minha infância. Uma colagem de momentos que passei em Balneário Camboriú, Piçarras, Itajaí e Bombinhas, lugares que me lembro com carinho e com os quais sinto uma forte ligação afetiva.”, afirma André Gevaerd.

Elenco local recebe capacitação de ator renomado

Notando a carência de atores preparados especificamente para a produção audiovisual e que pudessem dar vida a determinados personagens a Cineramabc Filmes, promoveu durante os meses de setembro e outubro deste ano, cursos voltados para a atuação e direção de atores para cinema. A iniciativa contou com o patrocínio da LIC-BC/FCBC e com o apoio da Procave e da Academia de letras de Balneário Camboriú. As oficinas de iniciação de atores e de interpretação infantil e infanto-juvenil para cinema e televisão foram ministradas pelo ator e também professor Ivo Müller.

Müller escreve sobre cinema para os jornais do Grupo RBS e é professor de interpretação direção de atores da Escola Livre de Cinema Inspiratorium, em São Paulo. Dentre os trabalhos mais recentes em cinema e tv, as séries: O Negócio (2014)/HBO, A Menina Sem Qualidades (2013) de Felipe Hirsh/MTV Brasil, e nos longas: Califórnia, de Marina Person (2015) e Lascados, de Vitor Mafra (2014). É um dos protagonistas, junto com Chico Diaz e Sandra Corveloni, do filme “Oração do Amor Selvagem” (estreia em 2015), longa de Chico Faganello. Ivo também está em cartaz em São Paulo com a peça “12 homens e uma sentença”, ganhadora do prêmio APCA de melhor espetáculo.

Em sua passagem por Balneário Camboriú, Ivo Müller comentou sobre seu trabalho nas oficinas promovidas pelo Cineramabc Filmes, destacando a importância da descentralização da produção audiovisual no país e a busca pela identidade do cinema catarinense. “Durante as oficinas promovidas em Balneário Camboriú pude perceber que tem muita gente talentosa na região, o meu trabalho consiste em trazer estudos de referências para esses futuros atores. Para quem pretende trabalhar com audiovisual, é imprescindível buscar referências cinematográficas e literárias para o exercício de desenvolvimento da imaginação. A importância da descentralização do setor também pode gerar um novo polo audiovisual em outras cidades da região, buscando e fortalecendo a identidade do cinema catarinense”, reflete.

BC Filme impulsiona a economia criativa em Balneário Camboriú

Com o objetivo de estimular a contratação de profissionais do município e região, a BC Filme está atuando também na divulgação de vagas para o setor. O curta-metragem “Valentina”, é um dos projetos que contou com o apoio da entidade para impulsionar a contratação de mão de obra local, realizando chamada pública para que os interessados em trabalhar e embarcar no universo do filme pudessem enviar seus contatos para análise da produção. A BC Filme – Balneário Camboriú Film Commission – nasceu através de uma parceria entre a Câmara Setorial de Audiovisual da cidade, a Fundação Cultural de Balneário Camboriú, o Cinerama.BC – Festival Internacional de Cinema e o IFC – Instituto Federal Catarinense, entre outros.

“Demora um pouco para que toda a população e para que o setor empresarial se dê conta do volume de investimento que a produção audiovisual pode trazer para a região, são mais de 2 bilhões e 400 milhões de reais sendo investidos. E a criação e o envolvimento da BC Filme é essencial para trazer estes investimentos.”, garante André Gevaerd.

A comissão organizada para atuar junto ao poder público, busca atrair investimentos econômicos para produção audiovisual no Estado. A participação dos representantes do trade turístico no Conselho Gestor da Film Commission confirma o esforço conjunto de diferentes setores da economia para a promoção da imagem da cidade no âmbito nacional e internacional, gerando reflexos positivos no turismo e retorno financeiro para a cidade.

De acordo com Cristiane Schroeder Dahlem, membro titular do Conselho Gestor da Film Commission e Gerente Geral do Hotel Itália, em Balneário Camboriú, a intensificação da produção audiovisual local já está gerando retorno significativo à cidade, porém ainda é preciso unir forças com outros setores para organizar essa demanda e ampliar ainda mais os beneficiados.

“Com a intensificação deste setor, estamos começando a perceber as vantagens geradas ao município e como isso pode ajudar a cidade a atrair uma nova demanda turística. As produções audiovisuais realizadas na região acaba mexendo diretamente com um nicho de mercado ainda pouco explorado pelo trade turístico, mas já estamos conseguindo perceber a amplitude desta cadeia, que começa com contratação desde um pequeno prestador de serviços até a movimentação de serviços turísticos de alto padrão”, enfatiza.

Para o cineasta André Gevaerd, a habilitação de profissionais ao setor audiovisual da região é fundamental para a captação de mais investimentos para produções locais, gerando empregos e movimentando a cadeia produtiva de bens e serviços já instalada em Balneário Camboriú.

“O futuro é promissor, estamos conversando em todos os níveis para garantir a instalação de um polo audiovisual em Balneário Camboriú. Só falta a prefeitura garantir um espaço no novo plano diretor para que os investimentos necessários sejam aplicados na cidade”, finaliza.

Cineramabc Filmes – Uma trajetória de sucesso

Com cinco anos de existência, a produtora está finalizando um longa-metragem com estreia prevista para 2015. O filme “Oração do amor selvagem”, dirigido pelo catarinense Chico Faganello foi coproduzido pela Cineramabc Filme, teve sua primeira exibição durante a iniciativa “Carte Blanche” que apresentou produções em fase de finalização para profissionais e especialistas do mercado internacional que estiveram no festival de Locarno. A participação de André Gevaerd como produtor do longa-metragem possibilitou a contratação de diversos profissionais do litoral norte catarinense e de Balneário Camboriú na equipe. O produtor também assina a montagem ao lado de Diego Lara e Renan Silbar.

Desde 2011, a produtora realiza o Festival Internacional de Cinema em Balneário Camboriú – CINERAMABC -, que além de mostras, oferece ao público oficinas, palestras e debates sobre a 7ª arte. O CINERAMABC acontece anualmente e reúne em diferentes gêneros e formatos de filmes de diretores estreantes e consolidados do mundo inteiro. Em sua quinta edição, o festival terá foco no cinema argentino.

Breve resumo de André Felipe Gevaerd Neves: 12 anos de experiência, roteirizando, produzindo, fotografando, editando e dirigindo. Trabalhou com cineastas reconhecidos como Walter Sales, Beto Brant, Sérgio Machado e Fátima Toledo. Foi selecionado para o 11º Berlinale Talent Campus e em importantes produções cinematográficas selecionadas para festivais de cinema como Cannes (3 filmes), San Sebastian (1 filme), Cartagena de Índias (1 filme), São Paulo (5 filmes), Rio (2 filmes), entre outros. Recentemente, André Gevaerd produziu o longa-metragem “Insubordinados”, filme participante da última Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

Mais infos no IMDB: http://www.imdb.com/name/nm2566440/

Mais infos sobre as filmagens: (47) 3367-4001, com Bianca Escrich

10384538_814825185235578_5291437618840329699_n 10556426_814825211902242_4456371036377816841_n

Matérias similares

No related posts found.