Festival da Canção: Letras da eliminatória de 28/11 (quinta-feira)

Festival da Canção: Letras da eliminatória de 28/11 (quinta-feira)

Confira abaixo as letras, em ordem de apresentação, da eliminatória de 28/11/2019 (quinta-feira) do Festival da Canção e cante junto!

Intérprete: Música Orgânica
Responsável pela Melodia: André de Miranda
Responsável pela Letra: André de Miranda, Carlinhos Ribeiro, Cezinha Silva e Bruno Kohl
Responsável pelo Arranjo: André de Miranda, Carlinhos Ribeiro e Cezinha Silva

Título da canção: Furacão

Letra:

Furacão – (André de Miranda, Carlinhos Ribeiro, Cezinha Silva e Bruno Kohl)

 

O que será de cada ser, de cada sorte, de cada tempo

O que será do amor e do respeito, existirá só no meu peito

O que será de cada cor, de cada sonho, de cada beijo

O que será do amor e do respeito existirá só no meu peito

O que será de cada filho, de cada irmão, de cada mãe

O que será do amor e do respeito existirá só no meu peito

 

O que será da gente

O que será de nós

De mim de ti deste lugar

Pra onde isso vai…

 

Será que vamos juntos

Ou será que o tempo vai nos separar

Será que erguemos muros e esses muros é que vão nos derrubar

Será que cada um de nós está aqui ali em todo lugar

Será que este lugar também está em cada um de nós

 

Em cada pedra

Cada gesto

Cada casa

Cada povo

Cada estrela

Cada céu

Cada espelho

Cada escada

Cada força

Cada rito

Cada bicho

Cada espera

Cada livro

Cada grilo

Cada crença, ira, guerra, ida, vinda, lua, medo, mar e treva, mata, raio, fogo, terra, vento, pó

 

Crítico, signo, gênero, número, métrica, espírito, trópico, lógica, ritmo, estilo, mergulho, barulho, respiro, esfera, cilada, pancada

 

Grito, toco, soco, parto, crivo, seta, meta, flecha, arco, nota, mapa, trilha, passo, traço, laço, corpo, jogo, alma, olho, tapa, furo, e coração

 

Sol, sal, pé, pão, rio, nó, nau, cão, som, tom, fé, pá, chão, ar, lar, dom, pai, mãe, cor, dor, mão, furacão

 

Intérprete: Renato Janini
Responsável pela Melodia: Renato Janini
Responsável pela Letra: Renato Janini
Responsável pelo Arranjo: Renato Janini

Título da canção: Pleonasmo

Letra:

Tanta coisa pra viver

Viver pra coisas tantas

Me faz, faz-me

Reagir, agir, rir, ir

 

Tanta coisa pra tecer

Ser, entrelaçar, preencher

Encher, encher

Até

 

Tornar algo cheio sem deixar vazio

Acrescentar o que lhe falta

E lhe completar

Ahhh

 

E apertar a mão quando a maré subir

Conhecer o sabor da compreensão

Sem deixar de entender

Que isso é também amar  (2x)

 


 

Intérprete: Ricardo Ledoux
Responsável pela Melodia: Ricardo Ledoux
Responsável pela Letra: Ricardo Ledoux
Responsável pelo Arranjo: Ricardo Ledoux, Felipe Muller e Julay JB

Título da canção: Vento

Letra:

Vento (modus operandis)

 

Vento que vem leve, pro abrigo

O que te convém nesse destino

Que há de te levar

 

Vento que vem furacão e delírio

Destroços detêm o, seu convívio

Que haverá de te libertar

 

O sol bola de brilhar

Brilha nas águas do espelho de seu olhar

Desse modus operandis de se agir e se pensar

Desse modus operandis de se agir e se pensar

Se pensar

 

O amor vai se libertar

Seio do afeto na fúria de se alimentar

Solto animal que a vida o refugiou

 

Tanto que tem

Não passa do umbigo

Próprio refém de um destino

Que haverá de te libertar

 

O sol bola de brilhar

Brilha nas águas do espelho de seu olhar

 

 

Composição de Ricardo Ledoux

 


 

Intérprete: Iara Maria Germer
Responsável pela Melodia: Iara Maria Germer
Responsável pela Letra: Iara Maria Germer
Responsável pelo Arranjo: Rafael Calegari

Título da canção: Contemplação

Letra:

AS TRÊS MARIAS OLHAVAM POR NÓS

TEMPOS DE CALMARIA

CONSPIRAÇÃO DO UNIVERSO MEU BEM

MEU ZEN, CONSTELAÇÃO

 

MINHA LUA

MEU ANEL DE SATURNO

MEU PLANETA

TODO CÉU É UM MAR DE ESTRELAS

 

DIAMANTES

ENFEITANDO A NOITE

E NÓS ALI

DEITADOS A VÊ-LAS

 

BRILHANTES, CADENTES, COMETAS

NA NOITE, SEMENTE DA MANHÃ

 

Intérprete: Felipe Moron Escanhoela
Responsável pela Melodia: Felipe Moron Escanhoela
Responsável pela Letra: Felipe Moron Escanhoela
Responsável pelo Arranjo: Felipe Moron Escanhoela

Título da canção: Roque Pa Ouvi na Rede

Letra:

Roque Pa Ouvi na Rede (Felipe Moron)

 

Essa trilha que eu fiz procê

Cê decide como é que faz

Põe na faixa de um LP

Ou na lista do Spotify

 

Antes que vire pop inglês,

Ou que um hacker pirata roube

Pra dizer que você que fez,

Põe no vídeo do seu YouTube

 

Essa música é pra você

Mas não pense que vai de graça

Leve junto esse meu sofrer

E três sábado de manguaça

 

Então pega essa melodia

E enfia na sua goela

Pra sentir o sabor de azia

Das palavra que fiz pra ela

 

Foi difícil fazer as rima

Parecer hilarotragédia

Como essa daqui de cima

Que não tem nem na Wikipédia

 

Botei eco nessa canção

Fiz firula, gravei batuque

Ta uma boa demonstração

Pra colar no seu Facebook

 

Essa moda que é tipo um rock

Vai com todos estrangeirismo

Inclusive um bacilo Koch

Das Europa do romantismo

 

Uns três metros de fumo em corda

Pra dar nó no que não tem jeito

Um ventrículo que transborda

E uma história que trava o peito

 

Esse som é procê cantar

Na balada, pôr na pickup

E com pinta de Ringo Starr

Mandar foto no Whatsapp

 

Então pega sua toada

Põe guitarra e pedal que zune

Faz a banda com a gurizada

Grava alto pra ouvir no ITunes

 

Só não deixe minhas mazela

Que a internet já repercute

Acabar como a foto dela

Que sumiu no mural do Orkut

 

 

Intérprete: Arele e Bruno Moritz
Responsável pela Melodia: Bruno Moritz Neto
Responsável pela Letra: Arele Almeida Vachtchuk Pradella
Responsável pelo Arranjo: Bruno Moritz Neto

Título da canção: Acorda Amor

Letra:

Amanheceu

Eu acordei

Sorri feliz quando te vi

 

Que horas são?

Eu me perdi!

O mundo gira e nós dois aqui

 

Já é oito da manhã

Hora do café

Dá vontade de ficar

Só um pouco mais

 

Um chamego é bom demais

E um cafuné

Mas a vida é pontual

Vou partir

 

Meu amor, por favor

Não me esqueça jamais

 

O Sol se pôs

Ao som do mar

E a paz a brisa a me tocar

 

Se bem me quer

Ou mal me quer

A margarida que dirá

 

Anoiteceu

E quando vi

Você voltou para mim

 

É tarde amor

Vamos dançar

E no teu peito descansar

 

 

 

Intérprete: Vitor Soltau
Responsável pela Melodia: Bruno Kohl/Vitor Soltau
Responsável pela Letra: Bruno Kohl
Responsável pelo Arranjo: Vitor Soltau

Título da canção: Todo Meu Nascer do Sol

Letra:

Eu ainda ouço o mar

e o vai e vem das conchas

procuro ondas que beijaram os teus pés

doce dança das marés

vi um anjo flutuar sobre as dunas

teu cabelo estelar prende a lua

todo meu nascer do sol

todo meu nascer do sol

a esperança traz lampejos de lembranças com você

feito rastro de farol

 

 

 

Intérprete: Mario Tetto Pereira Neto
Responsável pela Melodia: Mario Tetto Pereira Neto
Responsável pela Letra: Mario Tetto Pereira Neto
Responsável pelo Arranjo: Mario Tetto Pereira Neto

Título da canção: Sem medo de errar

Letra:

Só mais uma vez pra poder provar

mas pra que chorar, se nós nascemos pra vencer

Mais uma dia então pra poder lutar

Deixa iluminar, a vida é bem melhor quando se tem alguém

No coração, deixa livre pra gritar sem ter medo de errar

Agora sim …

Estou preparado pra seguir em frente

Me dê um beijo pro favor meu bem me entende

Espera por mim

Saudade sei que todo mundo sente

E um grande amor permanece para sempre

E dentro de nós não vai ter fim

 


 

Intérprete: Leandro Brandão Seivald
Responsável pela Melodia: Leandro Brandão Seivald
Responsável pela Letra: Leandro Brandão Seivald
Responsável pelo Arranjo: Leandro Brandão Seivald

Título da canção: Permita-me

Letra:

Tenho andado o tempo todo só pensando em você

Venho andando há muito tempo, e há muito tempo esperando aparecer

Alguém que me leve às alturas

Que seja além de uma paixão

Que transpareça nos seus olhos a pureza do seu coração

 

Meu amor, por favor

Permita-me, me dê a honra de poder chamar de \”meu amor\”

O amor é o autor

Que em nosso livro deixou dito, no final, que és o meu amor

 

Ando contra, e controlando, o tempo esperando pra te ver

E esse ponteiro que não colabora, parece querer me enlouquecer

Guardo o sorriso na memória, seus beijos de doce sabor

Eu quero logo te abraçar bem forte e poder te chamar de meu amor

Tenho andado o tempo todo pensando em você

E às vezes fico meio ansioso, não consigo me conter

Espero que você também pense que entre nós tudo pode dar certo

Vamos nos entregar de corpo e alma, e de coração aberto

 

Meu amor, por favor

Permita-me, me dê a honra de poder chamar de \”meu amor\”

O amor é o autor

Que em nosso livro deixou dito, no final, que és o meu amor


Intérprete: Guilherme Liberato (Vocal), Mathias Sani Richter (Bateria), Adalberto de Andrade (Guitarra), Miguel dos Santos (Contrabaixo).
Responsável pela Melodia: Mathias Sani Richter, Guilherme Liberato, Adalberto de Andrade, Miguel dos Santos.
Responsável pela Letra: Mathias Sani Richter, Guilherme Liberato, Adalberto de Andrade.
Responsável pelo Arranjo: Mathias Sani Richter, Guilherme Liberato, Adalberto de Andrade.

Título da canção: O Grande Estado

Letra:

Vinha um garoto, cheio de esperança.

Seu olhar lhe fazia valente, esbanjando confiança.

Sonhos, desejos, anseios, rasgados ao meio

formando uma triste lembrança.

 

(Verso A)

No meio do mar

De gente a cantar

De roda a girar

 

A hora a passar

A banda a tocar

A luz do luar

 

No fim do entardecer

 

(Verso B)

O sol se põe e o céu se fecha!

Agora já não tenho pressa!

Levaram tudo o que é meu

Levaram tudo o que é meu!

 

(Refrão)

Me lembro então, o porquê estou aqui!

O real motivo que me fez sorrir

Pequeno então é o que me fez cair

 

Agressão, Violação!

 

(Verso C)

Sem poder sorrir

O mundo a cair

Não sei mais fingir

 

Tentando voltar

Pra algum lugar

Sem vista pro mar

 

No fim do entardecer

 

(Verso B)

O sol se põe e o céu se fecha!

Agora já não tenho pressa!

Levaram tudo o que é meu

Levaram tudo o que é meu!

 

(Refrão)

Me lembro então, o porquê estou aqui!

O real motivo que me fez sorrir

Pequeno então é o que me fez cair

 

Agressão, Violação!

 

(Verso D)

Largado! Desamparado, no grande estado!

O redentor só observa

O que me resta?

Qual é o meu saldo?

Saio correndo pela vida no

grande estado, desamparado!

Preso num beco sem saída

eu faço a reza…

 

E o redentor só observa!

O redentor só observa…

 

Matérias similares

No related posts found.